Brasília DF amplia vacina contra meningite para pessoas com até 19 anos e profissionais de saúde

DF amplia vacina contra meningite para pessoas com até 19 anos e profissionais de saúde

Decisão foi tomada devido aos baixos índices de vacinação, em queda desde 2019; perspectiva é manter a medida até fevereiro

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Vacina fornece proteção contra a doença causada por uma bactéria do sorogrupo C

Vacina fornece proteção contra a doença causada por uma bactéria do sorogrupo C

Divulgação/Gov ES

Diante dos baixos índicesde vacinação contra a meningite, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal ampliou o público-alvo para a imunização. Agora, jovens até 19 anos e profissionais de saúde pública e particular que nunca receberam a vacina podem tomar a dose da meningocócica C.

A Secretaria de Saúde reforçou que, quem já recebeu vacina meningocócica ACWY, indicada para adolescentes até 12 anos, não deve tomar a nova dose. Para tanto, basta conferir a caderneta de vacinação.

A cobertura vacinal contra a infecção está em queda na capital federal desde 2019, quando 84,5% das crianças foram vacinadas. No ano seguinte, essa taxa caiu para 83,81%. Em 2021, atingiu o menor nível: 75,8%. A meta estabalecida pelo Ministério da Saúde é imunizar pelo menos 95% do público-alvo.

A ampliação vem sendo adotada nas últimas semanas em outros estados com situação semelhante à do DF, como Paraíba, Rondônia e Bahia. A perspectiva da pasta é manter a medida até fevereiro de 2023, quando a dose voltará a ser ministrada apenas para crianças de até 1 ano.

Meningite

A meningite é uma infecção nas meninges, uma membrana que recobre o cérebro e a medula espinhal. A vacina meningocócica C fornece proteção contra a doença causada por uma bactéria do sorogrupo C.

A transmissão desse tipo de meningite ocorre por meio do contato com gotículas de saliva e secreções do paciente contaminado ao tossir, espirrar ou falar. As crianças de 6 meses a 1 ano são mais vulneráveis à infecção, mas adultos também podem adoecer.

Alguns dos sintomas:
- febre alta
- dor de cabeça
- náusea
- rigidez do pescoço
- fadiga; e
- alterações neurológicas

Se não for cuidada, pode acarretar consequências e afetar o desenvolvimento cognitivo, motor, aparecimento de epilepsias e causar até a morte em casos mais graves.

Últimas