Brasília Distrito Federal tem novo pico de taxa de transmissão da Covid-19

Distrito Federal tem novo pico de taxa de transmissão da Covid-19

De acordo com a Secretaria de Saúde, a taxa alcançou 2,61, a mesma de maio de 2021, a maior já registrada no DF

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Teste Covid-19 no DF

Teste Covid-19 no DF

Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

Taxa de transmissão de Covid no DF alcançou novamente o pico de 2,61 visto em maio do ano passado. Isso quer dizer que cada 100 infectados contaminam outras 261 pessoas. De acordo com o boletim divulgado nesta sexta-feira (21) pela Secretaria de Saúde, foram notificadas 3.297 infecções nas últimas 24 horas antes das 17h desta sexta-feira no Distrito Federal. Ao todo são 558.160 casos.

Segundo a Secretaria de Saúde, atualmente são 30.218 casos ativos. O Distrito Federal conta no momento com 12 vagas em leitos de UTI na rede pública de saúde. Ao todo, já morreram 11.136 pessoas em decorrência da doença. 

Máscaras voltam a ser obrigatórias

O Governo do Distrito Federal editou, na quarta-feira (19), novo decreto que volta a tornar obrigatório o uso de máscara facial em locais abertos.  A medida visa o uso de máscara também no transporte público, em estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços, bem como em áreas de uso comum dos condomínios residenciais e comerciais.

Desde quarta, também está proibido aglomerações em pistas de dança em bares, restaurantes, boates e casas noturnas. O ato, publicado no Diário Oficial do DF, é assinado pelo governador em exercício Paco Britto. A medida já havia sido anunciada por Ibaneis Rocha na segunda-feira (17) e, agora, foi oficializada.

O novo decreto altera a norma já editada na semana passada, que vetou a realização de eventos e shows com cobrança de ingresso ou valor cobrado convertido em consumação. O texto atual descreve que o uso de espaços de dança está impedido tanto em eventos pagos como gratuitos e vale para áreas públicas e privadas.

Estratégia de reforço para combate à Covid-19

Em meio à disparada de casos, o Distrito Federal criou uma estratégia de reforço para combate à Covid dividida em sete etapas. Na quinta-feira (20) foi anunciada a segunda etapa de mobilização, que consiste principalmente em contratar novos profissionais de saúde devido a lotação das unidades básicas.

Vacinação infantil

A vacinação contra a Covid-19 para crianças entre 8 e 10 anos começou na quarta-feira (19) no Distrito Federal com o imunizante Pfizer. O anúncio foi feito pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) um dia antes, via Twitter. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, o repasse de 16,3 mil doses pelo Ministério da Saúde permitiu a ampliação da cobertura na capital federal. As crianças de 11 anos continuarão sendo vacinadas, assim como as que têm entre 5 e 11 anos e apresentam comorbidades.

Últimas