Brasília Governo do DF oficializa proibição ao uso de pistas de dança 

Governo do DF oficializa proibição ao uso de pistas de dança 

Medida foi anunciada por Ibaneis Rocha na segunda-feira (17). Impedimento vale para eventos pagos e gratuitos

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Pistas de dança estão proibidas no DF

Pistas de dança estão proibidas no DF

Divulgação/GDF

A partir desta quarta-feira (19), está proibido o uso de pistas de dança em bares, restaurantes, boates e casas noturnas no Distrito Federal. O ato, publicado no Diário Oficial do DF, é assinado pelo governador em exercício Paco Britto. A medida já havia sido anunciada por Ibaneis Rocha na segunda-feira (17) e, agora, foi oficializada.

O novo decreto altera a norma já editada na semana passada, que vetou a realização de eventos e shows com cobrança de ingresso ou valor cobrado convertido em consumação. O texto atual descreve que o uso de espaços de dança está impedido tanto em eventos pagos como gratuitos e vale para áreas públicas e privadas.

A medida pretende ajudar a conter a disseminação do coronavírus na capital federal, que está acelerada no DF, ao evitar aglomerações. A cidade acumula 28.012 casos ativos da Covid-19. Nesta terça (18), foram 4.780 novos diagnósticos da infecção. A taxa de reprodução do vírus acumula sucessivas altas, e chegou ao índice 2,31.

No começo do mês, diante da elevada transmissão da varinte Ômicron, o GDF também cancelou as festas de rua e particulares de Carnaval. Na semana passada, o governo anunciou um plano de mobilização de leitos para pacientes contaminados pela Covid-19, diante do crescimento da demanda. Na manhã desta quarta, a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratar os casos graves chegou a 91,11%.

Últimas