Brasília 'Enem dos concursos': Cesgranrio é escolhida para organizar seleção de 6.600 vagas em 21 órgãos

'Enem dos concursos': Cesgranrio é escolhida para organizar seleção de 6.600 vagas em 21 órgãos

Fundação será responsável pela aplicação da prova nacional unificada, prevista para ocorrer em duas etapas, em março de 2024

  • Brasília | Laísa Lopes, do R7, em Brasília

Fundação Cesgranrio será responsável pelo concurso

Fundação Cesgranrio será responsável pelo concurso

Secretaria de Comunicação Social / Flickr - 25/02/2021

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos divulgou nesta sexta-feira (24) a escolha da Fundação Cesgranrio como empresa responsável pela aplicação do concurso público nacional unificado, o "Enem dos concursos". O certame vai selecionar 6.640 servidores para 21 órgãos federais. As provas serão realizadas de forma simultânea em 180 cidades do país.

As provas estão previstas para serem realizadas em março de 2024, em duas etapas.

O próximo passo da Cesgranrio será divulgar o edital com requisitos, vagas, salários, conteúdo, formas de inscrição, critérios de seleção, data e local das provas. Até o fim de novembro o contrato entre a Fundação Cesgranrio e o governo deve ser assinado.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O Tribunal de Contas da União (TCU), a Controladoria Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) acompanharam todo o processo que resultou na escolha da banca. Segundo a diretora de Provimento e Movimentação de Pessoal do ministério, Maria Aparecida Chagas Pereira, o governo tem experiência com o Enem, mas é a primeira vez que realiza concurso público envolvendo 21 órgãos.

“Por isso, buscamos o apoio dos órgãos de controle desde o princípio, para que todas as etapas do concurso estejam em conformidade com as melhores práticas de gestão, transparência, legalidade e impessoalidade”, informou.

Entre os órgãos do governo que já aderiram ao processo unificado estão a Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), com a seleção de 502 funcionários; o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, com a abertura de 742 vagas; o Ministério da Agricultura e Pecuária, com 520; o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, com 1.480 oportunidades; o Ministério da Saúde, com 220 postos de trabalho; e o Ministério do Trabalho e Emprego, com 900.

Últimas