Brasília Famílias do DF e de Goiás são presas falsificando placas de carro

Famílias do DF e de Goiás são presas falsificando placas de carro

O material seria vendido para ladrões de veículos. Operação conjunta entre policiais do DF e de Goiás prendeu seis pessoas

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Polícia civil cumpriu 26 mandados de busca e apreensão em quatro cidades

Polícia civil cumpriu 26 mandados de busca e apreensão em quatro cidades

Divulgação/PCDF

As polícias civis do Distrito Federal e de Goiás deflagraram uma ação conjunta, na manhã desta sexta-feira (12), para desarticular um grupo criminoso formado por duas famílias. Os suspeitos são apontados como responsáveis por falsificação e venda de placas de veículos. 

Segundo as investigações, a quadrilha é o elo entre ladrões de veículos e fraudadores que clonam automóveis. Entre os presos está um superintendente de trânsito do município de Silvânia (GO). Ele fornecia aos criminosos as matrizes alfanuméricas para a produção das placas, de acordo com a polícia.

A apuração ocorreu de maneira paralela nas duas corporações, mas mirando os mesmos alvos. Um grupo produzia as placas no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), em Brasília, e a outra família atuava em Luziânia (GO). Os grupos fabricavam e transportavam as placas falsas entre as duas cidades.

De acordo com a polícia, a família do SIA atendia criminosos no DF. Já os suspeitos goianos usavam até mesmo empresas credenciadas pelo Detran-GO para a confecção das placas.

Durante a Operação Réplica, foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão em endereços de quatro cidades: Brasília (DF), Luziânia (GO), Silvânia (GO) e Vianópolis (GO). Um cão da polícia ajudou no trabalho. Os presos ficarão sob custódia na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia.

Últimas