Brasília GDF avança na regularização de condomínio às margens do Paranoá

GDF avança na regularização de condomínio às margens do Paranoá

Villages Alvorada, ao lado da Ermida Dom Bosco, tem 423 lotes. Emissão de escrituras deve ser concluída em dois anos, diz governo

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Governo Ibaneis Rocha

Governo Ibaneis Rocha

Renato Alves/Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assinou nesta sexta-feira (1º) o termo de compromisso para a regularização fundiária do Condomínio Villages Alvorada, às margens do Lago Paranoá, ao lado da Ermida Dom Bosco. A previsão é de que o processo para emissão das escrituras seja concluído em dois anos.

Ibaneis disse que a medida pretende reforçar a segurança jurídica na região. "Vamos avançar nesse processo de regularização, nós aprendemos a maneira correta de como fazer a regularização fundiária no DF. Vai chegar o momento em que teremos a paz social", afirmou. "A gente espera chegar ao momento de ter todos os condomínios do Distrito Federal regularizados, as pessoas com suas escrituras nas mãos." 

Esse modelo de legalização dos imóveis, em parceria com a Terracap, facilita a emissão das escrituras. São os próprios moradores que assumem os projetos de licenciamento para viabilizar a documentação das propriedades.

Ao todo, são 423 lotes distribuídos em 50 hectares de terra no Lago Sul. A ocupação da área é de 1993. Após a regularização, os lotes estarão disponíveis para compra direta pelos habitantes.

A orla do Villages Alvorada passou por processo de derrubada em 2015, durante a gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB). A medida pretendia liberar o acesso e o trânsito de pessoas às margens do Paranoá.

Últimas