Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

GDF estuda ampliação do metrô, com linhas para Esplanada, Gama e Santa Maria

Em entrevista exclusiva à RECORD, secretário de Obras destacou principais ações da pasta

Brasília|Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília

Valter Casimiro, secretário de transporte e mobilidade
Secretário de Transporte, Valter Casimiro ( Renato Alves/Agência Brasília - Arquivo)

O secretário de Obras do Distrito Federal, Valter Casimiro, anunciou nesta quarta-feira (5) que a pasta estuda a ampliação do metrô do DF, com linhas passando pela Esplanada dos Ministérios e pelas regiões administrativas do Gama e de Santa Maria. Também está em pauta, segundo ele, a construção de um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) de Brasília até Luziânia (GO). As informações foram dadas em exclusiva à RECORD,

Veja Mais

“Temos diversas obras. Como a nova linha do metrô, seguindo da Esplanada e indo até o Gama e Santa Maria, assim como o projeto do VLT, que estava previsto como uma PPP (parceria público privada), mas o governador já pediu para a gente montar o projeto, para que caso a PPP não saía, a gente faça a licitação como obra pública”, disse.

O tema sobre o VLT passou por uma audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (4). De acordo com apresentação feita pelos engenheiros da Companhia Brasileira de Trens Urbanos, os custos do projeto giram em torno de R$ 500 milhões, com melhorias dos trilhos que ligam as duas cidades.

À RECORD, Valter também contou sobre a construção de uma quarta ponte sob o Lago Paranoá, para atender a população de Paranoá, Itapoã e Lago Sul. “Temos também o Corredor Oeste, que envolve a Hélio Prates e o SIG (Setor de Indústrias Gráficas), que vai permitir que a população gaste menos tempo no trânsito e aproveito mais a família”, disse.

As obras de pavimentação e drenagem no Sol Nascente também foram destacadas pelo secretário. “As obras em Sol Nascente estão a pleno vapor. Sabemos que a cidade, quando chove, é um caos, e quando não chove, é muita poeira. Por isso, a pavimentação e drenagem vai dar mais conforto para quem mora na região”, assegurou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.