Brasília Ibaneis quer iniciar construção de dois novos hospitais em 2024

Ibaneis quer iniciar construção de dois novos hospitais em 2024

Unidades serão construídas no Recanto das Emas e no Guará; outro em São Sebastião depende de acordo com Caixa 

  • Brasília | Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília

Ibaneis Rocha anuncia medidas para 2024

Ibaneis Rocha anuncia medidas para 2024

Renato Alves/Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, quer iniciar as obras do hospital do Recanto das Emas e do Guará ainda no primeiro semestre de 2024. A declaração foi feita durante entrevista exclusiva à RECORD, na manhã desta quarta-feira (20), em que o chefe do Executivo distrital adiantou que assinará acordo de financiamento com a Caixa Econômica Federal ainda nesta semana para construir um terceiro hospital em São Sebastião. Ibaneis também disse que estuda com a Novacap a construção de um novo hospital no Gama, com previsão de entrega em 2025.

Em entrevista ao apresentador Henrique Chaves, Ibaneis destacou as obras já realizadas neste ano pelo governo. “Tivemos a ampliação do Hospital de Planaltina e de Brazlândia, com grandes reformas. E o Hospital de Base vem passando por reformas constantes, assim como o de Taguatinga”, listou.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O governador também defendeu a concessão da Rodoviária do Plano Piloto em 20 anos para a iniciativa privada. “Vai ser muito positivo, temos um problema na Rodoviária que atinge 700 mil pessoas que trafegam ali. Ninguém está feliz com o que está acontecendo. E temos exemplo da Rodoviária Interestadual que foi concedida e está funcionando super bem”, declarou.

Segundo Ibaneis, o edital de licitação da Rodoviária do Plano Piloto deve ser publicado ainda este ano. O governador assegurou que a medida não vai trazer aumento das passagens à população. “Hoje, já temos uma despesa de R$ 2 bilhões para manter o sistema de funcionamento e garantir as gratuidades na cidade. A concessão, na verdade, vai trazer só benefícios, e tem previsão de investimento de R$ 100 milhões da empresa que assumir”, disse.

Orçamento para 2024

Em relação ao Orçamento aprovado para 2024, Ibaneis avaliou que o crescimento da verba é pequeno, mas já há muitos investimentos programados. “A gente saiu de uma capacidade de pagamento que era classe C para a classe A – critério utilizado pela Fazenda Nacional para disponibilizar propostas de negociações com desconto e prazo alongado. Isso permitiu que a gente conseguisse R$ 2 milhões em financiamento”, disse.

Ibaneis também disse que as obras de infraestrutura no DF estavam paradas há muito tempo e neste ano grandes entregas foram feitas pelo governo. Para 2024, Ibaneis disse que tem a expectativa de realizar as obras do viaduto de São Sebastião e retomar a da DF 140, além de estar previsto a conclusão das obras do Drenar-DF na região central do Plano Piloto, que atualmente conta com mais de 3,6 km de túneis escavados para escoamento de água da chuva, por exemplo.

Para 2025, o governador quer concluir as obras de melhorias de Sol Nascente, com construção de rodoviária, melhorias na rede de saúde e outros investimentos de infraestrutura. “As obras chegam a R$ 300 milhões investidos, e estamos avançando. É uma região que precisa passar por um processo de infraestrutura muito grande”, disse.

Ibaneis disse que quando assumiu, encontrou Vicente Pires em “plena crise” e que, agora, com a intervenção do governo, muito já se avançou na região administrativa.

Últimas