Brasília Governador do Distrito Federal reabre via Estrutural depois de investimento de R$ 80 milhões

Governador do Distrito Federal reabre via Estrutural depois de investimento de R$ 80 milhões

Obras levaram mais de um ano para serem concluídas; mais de 100 mil motoristas usam a via diariamente

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Ibaneis reabre vias da Estrutural

Ibaneis reabre vias da Estrutural

Renato Alves/ Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, reabriu neste sábado (16) a via Estrutural, a DF-095, depois de um ano de obra. As seis pistas são usadas principalmente por moradores de Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras, Vicente Pires, Samambaia e Estrutural e são a principal via de ligação entre o Plano Piloto e a região Oeste do DF.

A rodovia passou por intervenções para a troca de todo o asfalto por pavimento rígido de concreto em seus 26 km de extensão. Os recursos para a obra vieram da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) em um trabalho desenvolvido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF).

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Ibaneis Rocha aproveitou, também, para anunciar que a Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) será a próxima via do DF a ganhar pavimento rígido de concreto, ligando o Núcleo Bandeirante até Samambaia.

Durante a reabertura das vias, Ibaneis destacou a importância das obras. “Estamos passando por grandes transformações. Entregamos o Túnel de Taguatinga, estamos cuidando da Hélio Prates e da Praça do Relógio. Em Vicente Pires, entregamos uma cidade completa, e estamos fazendo uma das maiores obras de transformação do Sol Nascente/Pôr do Sol”, disse.

Agora, o governo vai terminar de instalar meios-fios, além de sinalizações e plantio de gramas. O pavimento rígido, segundo o governo, é um material mais resistente, duradouro e de fácil manutenção que o asfalto comum.

A estrutura tem maior espessura que o asfalto e pode durar até 20 anos. Com uma vida útil superior ao asfalto comum, ele suporta cargas mais pesadas, como as de caminhões e ônibus, sem sofrer deformações ou danos significativos. Por isso, é indicado para rodovias de grande movimentação, como a Estrutural.

No caso da obra da DF-095, foram utilizadas 150 mil toneladas de concreto — o equivalente a cerca de dez mil caminhões betoneiras cheios.

Feira do Núcleo Bandeirante

Também nesta manhã, Ibaneis inaugurou a reforma da feira do Núcleo Bandeirante, nomeada em homenagem ao seu pai, Ibaneis Rocha Barros. A proposta foi feita por um deputado distrital da base do governo e aprovada pela Câmara Legislativa do DF em novembro.

Últimas