Brasília Ibaneis envia à Câmara indicação de André Clemente ao TCDF

Ibaneis envia à Câmara indicação de André Clemente ao TCDF

No documento em nome do presidente da CLDF, Rafael Prudente (MDB), governador pede pressa na aprovação do novo conselheiro

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Ibaneis mandou nomeação de André Clemente para a Câmara

Ibaneis mandou nomeação de André Clemente para a Câmara

Renato Alves / Agência Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), enviou à Câmara Legislativa, nesta quarta-feira (1), um documento submetendo a indicação do secretário de Economia do DF, André Clemente, a conselheiro do TCDF (Tribunal de Contas do DF). O presidente da CLDF, Rafael Prudente, anunciou aos deputados nesta tarde (1) que a sabatina ocorrerá nesta quinta (2), às 14h, e, em seguida, o plenário já vota a indicação.

A comissão é presidida pelo distrital Agaciel Maia (PL), que é da base do governo. Clemente ocupará a vaga do conselheiro José Roberto Paiva Martins, se o nome for aprovado. Para ocupar a Secretaria de Economia, Ibaneis deverá nomear alguém da equipe.

"O indicado, servidor público da carreira auditoria tributária do Distrito Federal, além de preencher todas as exigências legais para a investidura no cargo, acumula experiência técnica relevante, com vasta experiência profissional na área pública, tendo exercido cargos estratégicos e importantes", afirma o documento enviado.

Ibaneis fez elogios ao secretário. Afirmou que Clemente teve "brilhante desempenho no controle das contas públicas". "Em face de suas qualificações profissionais e pela ausência atual de Auditor Substituto de Conselheiros nos quadros do Tribunal de Contas, a sua indicação é de grande interesse público para a sociedade", argumentou.

Ibaneis pediu celeridade no processo de aprovação. Destacou que "o cargo de Conselheiro encontra-se vago em decorrência da aposentadoria de seu ocupante", "razão pela qual, verifica-se a necessária brevidade da arguição pública e aprovação, de modo a evitar a descontinuidade de tão importante função".

A cadeira do secretário

Ibaneis indicou o secretário a uma vaga de auditor de carreira do TCDF. Aliados de Clemente acreditam que o fato de ele ser auditor de carreira da Receita do Distrito Federal deverá reduzir a rejeição.

Por outro lado, as três vagas reservadas para auditores de contas estão desocupadas, o que impossibilita a indicação de um nome ao lugar cativo de Paiva Martins. O concurso para preenchê-las foi suspenso em março, por conta da pandemia, e retomado quatro meses depois, em julho. Um segundo concurso também suspenso por conta da crise sanitária já foi concluído.

Últimas