Brasília Jovem devolve agulhas furtadas no DF e deixa bilhete: 'Me perdoa'

Jovem devolve agulhas furtadas no DF e deixa bilhete: 'Me perdoa'

Menina diz no recado ter sido 'desafiada' pelas amigas e que o ato foi 'burrice'; caso ocorreu em comércio da 708 Norte

  • Brasília | Priscila Mendes, do R7, e Natália Martins, da Record TV

Bilhete deixado no armarinho

Bilhete deixado no armarinho

Reprodução/Armarinho Milano

Depois de furtar um saco de agulhas, uma adolescente devolveu os produtos à loja Armarinho Milano, que fica na 708 Norte, no Distrito Federal, com um bilhete de arrependimento: “Me perdoa”. O recado foi descoberto por funcionários do comércio nesta terça-feira (14), por volta das 11h30. 

“Desculpa. Estou devolvendo as coisas que peguei da loja. Fui desafiada pelas minhas amigas e fiz essa burrice. Prometo nunca mais fazer isso. Me perdoa”, diz o recado escrito em um pedaço de papel.

Uma das funcionárias da loja relatou que uma cliente foi vista saindo do local com duas filhas adolescentes. Alguns minutos depois, elas retornaram e devolveram a sacola com as quatro agulhas de tricô, alegando que os produtos foram encontrados próximo à porta do armarinho. A funcionária só foi ver o bilhete posteriormente.  

O estabelecimento, que antes havia informado que procurava as imagens das câmeras de segurança para identificar a autora do furto e quando o crime ocorreu, não quis comentar mais o assunto nesta terça. “O caso foi encerrado e não vamos dar repercussão a isso”, afirmou uma das funcionárias ao R7.

Outro caso

No dia 7 de dezembro, um ladrão deixou um bilhete de desculpas após furtar equipamentos de um estúdio de tatuagem em Samambaia Norte, no Distrito Federal. Na mensagem, com erros gramaticais, ele tenta justificar o crime — que gerou um prejuízo avaliado em mais de R$ 7 mil, segundo o dono do estabelecimento — alegando que foi um caso de necessidade.

"Fis (sic) pq precizava (sic)”, dizia o recado escrito em uma folha de caderno. O bilhete foi colocado em cima da mesa de trabalho de Pedro Henrique de Jesus, proprietário do estúdio.
 

Últimas