Brasília Moraes convida todos os ex-presidentes para sua posse no TSE

Moraes convida todos os ex-presidentes para sua posse no TSE

Evento ocorre em Brasília na próxima semana, sob forte esquema de segurança

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

Ministro Alexandre de Moraes durante uma das sessões do TSE, em Brasília

Ministro Alexandre de Moraes durante uma das sessões do TSE, em Brasília

Carlos Moura/Ascom/TSE

O ministro Alexandre de Moraes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), convidou todos os ex-presidentes da República ainda vivos para a posse dele no comando da corte. A cerimônia ocorre na próxima terça-feira (16), em Brasília. O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi convidado pessoalmente no Palácio do Planalto por Moraes e afirmou que estará presente.

Foram convidados os ex-presidentes Michel Temer, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney. De acordo com informações da assessoria, o ex-presidente Lula avalia se comparece ou não ao evento, mas já recebeu o convite.

O petista pretendia tirar o dia para comparecer a fábricas em São Paulo e conversar com operários. Caso decida ir até Brasília, pode ser a primeira vez que ele se encontra pessoalmente com Bolsonaro. Além dos ex-presidentes, Moraes convidou todos os governadores em exercício. A posse começa às 19 horas, na sede do TSE. Ao todo, foram distribuídos 2 mil convites, sendo que 400 pessoas já confirmaram presença.

A cerimônia vai ocorrer sob forte esquema de segurança e vai comportar convidados na área interna e externa do Tribunal. Moraes pretende fazer um forte discurso em defesa do sistema eleitoral e da democracia, mas sem citar nomes ou realizar referências diretas. Ele vai conduzir a Justiça Eleitoral durante a campanha e as eleições de 2022.

Últimas