Brasília Partidos com mais filiações são PL, PP, PT, União, Republicanos e PSD

Partidos com mais filiações são PL, PP, PT, União, Republicanos e PSD

Dentro da janela partidária, 1 em cada 5 deputados aproveitou para mudar de legenda, segundo as lideranças partidárias

  • Brasília | Rossini Gomes, do R7, e Yuri Achcar, da Record TV

Plenário da Câmara dos Deputados

Plenário da Câmara dos Deputados

Michel Jesus/Câmara dos Deputado

Com o término do prazo para deputados federais, estaduais e distritais trocarem de partido para concorrer às eleições deste ano sem o risco de perder o mandato, a chamada janela partidária, as siglas com mais novas filiações são PL, PP, PT, União Brasil, Republicanos e PSD. As informações são das lideranças partidárias e ainda serão confirmadas pela Justiça Eleitoral.

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, lidera o ranking da maior quantidade de deputados, com 77 filiações. Na posse, em 2019, eram 33. A segunda maior bandada pertence ao PP. A legenda do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), saiu de 35 para 56 parlamentares. Mesmo quantitativo do PT, maior partido da oposição.

Em seguida aparece o União Brasil, que surgiu da fusão entre o PSL e o DEM. A nova legenda tem 53 filiados. Antes, juntos, os dois partidos somavam 81 representantes.

Ao saltar de 31 para 45 deputados, o Republicanos figura entre as siglas com o maior número de adesões. O PSD também soma 45 parlamentares.

Últimas