Brasília 'Pessoa honesta', diz Mourão sobre Milton Ribeiro após acusações de favorecimento a pastores

'Pessoa honesta', diz Mourão sobre Milton Ribeiro após acusações de favorecimento a pastores

Em áudio, ministro da Educação afirmou que atende pastores com verba do MEC a pedido do presidente Bolsonaro

  • Brasília | Priscila Mendes, do R7, em Brasília

Mourão sobre Milton Ribeiro: "Tenho muito respeito por ele"

Mourão sobre Milton Ribeiro: "Tenho muito respeito por ele"

Alan Santos/PR

Após a PGR (Procuradoria-Geral da República) ser acionada para investigar o ministro da Educação, Milton Ribeiro, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou, nesta quarta-feira (23), que o chefe da pasta é uma pessoa "honesta" e "extremamente educada e cautelosa'. O áudio que envolve Ribeiro aponta suposto favorecimento a pastores com verbas do MEC a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

"A visão que eu tenho a respeito do trabalho do ministro Milton é que ele é uma pessoa que é honesta, ele tem honestidade de propósito, ele é uma pessoa extremamente educada, cautelosa nas coisas. Antes de emitir qualquer opinião, eu acho é preciso esclarecer essa situação aí para se chegar a uma conclusão do que realmente ocorreu e se realmente houve algo que não seja realizado dentro dos princípios da administração pública", disse Mourão. 

Nas gravações, Milton Ribeiro afirma que o governo federal deve priorizar pedidos de liberação de verba feitos pelos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

"Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, em segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar. Porque foi um pedido especial que o presidente da República fez para mim sobre a questão de Gilmar. Apoio. Então o apoio que a gente pede não é segredo, isso pode ser [inaudível], é apoio sobre construção das igrejas", disse Ribeiro, em áudio revelado pelo jornal Folha de S.Paulo.

Alckmin e Lula

Durante conversa com jornalistas no gabinete da Vice-Presidência, Mourão chamou de "estranha” a filiação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin ao PSB. O evento ocorre nesta quarta-feira (23), em Brasília. A expectativa é que ex-tucano seja o candidato a vice do ex-presidente Lula na disputa ao Palácio do Planalto em 2022.

“É aquela história, né? Quem conhece a trajetória do Alckmin acha estranha essa mudança de comportamento dele. E, se é pra ele concorrer junto com o Lula, é algo bem mais estranho ainda porque um chamava o outro de ladrão e agora vão ficar abraçados”, disse Mourão. 

Últimas