Brasília PL contrata ex-ministro do TSE para campanha de Bolsonaro

PL contrata ex-ministro do TSE para campanha de Bolsonaro

Tarcísio Vieira de Carvalho Neto disse à reportagem que vai assumir a defesa do chefe do Executivo na integralidade

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

Ex-ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto

Ex-ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto

Reprodução

O PL, presidido por Valdemar da Costa Neto, contratou o ex-ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Tarcísio Vieira de Carvalho Neto para integrar a equipe que trata da campanha pela reeleição do presidente Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto.

A informação foi confirmada pelo ex-ministro ao R7. Neste primeiro momento, Tarcísio atuará na parte jurídica do partido e aparando arestas em torno do pleito eleitoral; depois, quando houver oficialização pelo partido, na campanha de Bolsonaro.

"Nós fechamos ontem os últimos detalhes do acordo. A gente vinha discutindo para formatar com exatidão a questão do contrato: se seria apenas coordenação jurídica a distância ou se envolveria uma ação mais no front da campanha", disse. "E fechamos a segunda opção. Vamos assumir a defesa na integralidade. Já está tudo esquadrinhado, e estamos aptos a trabalhar", completou.

Tarcísio contou que deve se reunir com o mandatário após o retorno dele ao país. Bolsonaro cumpre agenda pública em Moscou, na Rússia, onde se encontrou com o presidente Vladimir Putin. Não há, ainda, data para o encontro com o ex-ministro.

Na tentativa de se reeleger em outubro deste ano, Jair Bolsonaro (PL) deve contar em sua equipe de pré-campanha com dois filhos — o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) —, ao menos um ministro — Ciro Nogueira, da Casa Civil — e o presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

De acordo com fontes no Palácio do Planalto, o senador Flávio Bolsonaro vai comandar a campanha na posição de coordenador-geral. O ministro Ciro Nogueira terá a incumbência de projetar os programas do Executivo e seus ganhos para a população durante a campanha presidencial.

A função do vereador Carlos Bolsonaro será a mesma que ele teve na eleição de 2018: cuidar da parte de comunicação digital. O presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, terá como atribuição na pré-campanha a coordenação dos palanques estaduais.

Últimas