Brasília PMDF resgata mulher mantida em cárcere privado dentro de carro

PMDF resgata mulher mantida em cárcere privado dentro de carro

Vítima se jogou do veículo em movimento ao ver os militares. O companheiro a agredia e ameaçava matá-la

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Vítima relatou aos policiais estar sendo ameaçada dentro do veículo

Vítima relatou aos policiais estar sendo ameaçada dentro do veículo

Agência Brasília

Mais uma mulher foi vítima de tentativa de homicídio no Distrito Federal este ano. Na noite de terça-feira (12), a vítima era mantida em cárcere privado dentro do carro do companheiro, na Cidade Estutural. O homem a agredia e a ameaçava de morte. A violência só acabou quando a vítima avistou uma viatura da Polícia Militar e se jogou do veículo. 

Os policiais passavam pelo carro e a mulher fez gestos pedindo ajuda. Quando os militares se aproximaram do veículo para dar início à abordagem, ela conseguiu abrir a porta e se jogou do automóvel ainda em movimento.

A mulher relatou aos policiais que o agressor procurava uma arma para matá-la e que ela vinha sendo ameaçada e agredida. A vítima disse ainda que era proibida de sair de casa e do carro.

O autor da tentiva de feminicídio foi preso em flagrante. Segundo a polícia, havia um mandado de prisão em aberto contra ele por um homicídio praticado em 2013. Agora, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) investiga o caso.

Tentativas de feminicídio
Apenas no primeiro semestre deste ano, foram registradas 33 tentativas de feminicídio no DF, 32% a mais do que no mesmo período do ano passado, segundo dados compilados pela Secretária de Segurança Pública.

Em 72% dos casos, as vítimas eram mulheres entre 18 e 49 anos, e a maioria das ocorrências ocorreu dentro de casa (67%). Mais da metade dos autores dos crimes eram companheiros das mulheres, e 70% deles tinham antecedentes criminais.

Últimas