Brasília PSDB conversa com três empresas para garantir prévias

PSDB conversa com três empresas para garantir prévias

Segundo o presidente do partido, Bruno Araújo, PSDB tem mais de uma opção para tentar viabilizar votação por aplicativo

  • Brasília | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, entre os governadores Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP)

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, entre os governadores Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP)

Divulgação

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, disse que o partido buscou pelo menos três empresas para viabilizar um novo aplicativo para concluir a votação das prévias que decidirão quem será o candidato do partido na eleição presidencial de 2022. Disputam o posto os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, além do ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto.

Segundo Araújo, a partir das 22h desta terça-feira (23), o partido e as equipes dos três candidatos farão testes de estresse com o aplicativo de uma das empresas. Esse processo avalia a vulnerabilidade da ferramenta a invasões. Na quarta-feira (24), por volta de 11h, o partido vai divulgar os resultados do teste. Caso eles sejam satisfatórios, o PSDB dará sequência à votação. Caso contrário, o aplicativo de outra empresa será avaliado, e assim sucessivamente.

“Nós já estamos em conversas paralelas com uma segunda empresa, uma terceira empresa, no sentido de que, se essa [a primeira] não passar por razões de avaliação, nós já temos mais duas empresas em processo de conversação com o partido”, explicou Araújo, em coletiva nesta noite.

“[Sendo aprovado o novo aplicativo] é esperar uma posição técnica das candidaturas em relação a avaliação dos sistemas que estão em diálogo sobre contratação se eles suportam o critério de segurança que cada candidatura e o partido definem. Feito isso, abre-se o processo para conclusão do resultado das prévias e anunciar o candidato do PSDB”, acrescentou o dirigente tucano.

As votações das prévias deveriam ter sido finalizadas no domingo (21). No entanto, o aplicativo desenvolvido pela Faurgs (Fundação de Apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Sul) apresentou falhas, e a maioria dos 44,7 mil filiados que haviam se habilitado para participar da eleição não conseguiu registrar o voto. Em razão disso, o partido suspendeu a votação e decidiu trocar de empresa.

Araújo espera que as votações sejam retomadas, “no mais tardar”, na quinta-feira (25). No entanto, caso os testes desta terça-feira atestem a segurança do aplicativo em avaliação, ele diz ser possível retomar a votação “em alguma hora” desta quarta. “Mas volto a dizer: depende, objetivamente, se houve uma conciliação entre a autorização técnica do partido e das campanhas. Se não acontecer, já há uma segunda empresa em conversação e já há uma terceira empresa em conversação.”

Segundo o presidente do PSDB, a intenção é divulgar o resultado das prévias no próximo domingo (28). De todo modo, haverá segundo turno caso nenhum candidato receba 50% dos votos. “A expectativa é nós operarmos com todo o vigor para terminar no domingo. Domingo terá o resultado se todas essas fases que nós colocamos aqui de forma transparente forem resolvidas. Torcemos para isso. A garantia são variáveis que dependem desse conjunto de situações que a gente relatou”, disse Araújo.

Últimas