Brasília Rui Costa toma posse na Casa Civil e promete reforçar elo com estados e municípios

Rui Costa toma posse na Casa Civil e promete reforçar elo com estados e municípios

O ministro disse que quer se reunir com todos os governadores ainda em janeiro e quer destravar obras paradas

  • Brasília | Bruna Lima, do R7, em Brasília

Chefe da Casa Civil, Rui Costa, é empossado em Brasília

Chefe da Casa Civil, Rui Costa, é empossado em Brasília

José Cruz/Agência Brasil - 2.1.2023

Empossado nesta segunda-feira (2) ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa adiantou algumas prioridades como líder da pasta considerada centro administrativo do governo federal. O diálogo entre ministérios, poderes e instâncias do Executivo foi destaque no discurso de posse

O plano de Costa é agendar uma reunião com os governadores das 27 unidades federativas ainda em janeiro, conforme demanda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O objetivo é restabelecer um diálogo com os chefes dos executivos locais para definir medidas prioritárias de repasses da União. 

"Vamos buscar intensificar com ministro Padilha (Secretaria de Relações Institucionais) um pacto federativo, discutido com os governadores. O presidente quer reunir os governadores para que possamos definir pautas", disse Rui Costa, ressaltando que o diálogo ocorrerá com as bancadas no Congresso e com os ministros de Estado. Segundo Rui Costa, uma reunião interministerial deve ocorrer na próxima semana.

No âmbito do Judiciário, o objetivo da Casa Civil é buscar alternativas para "destravar todas as obras que estão judicializadas". Costa disse, no entanto, que não possui a relação de obras paralisadas e acusou a gestão anterior de suprimir os dados. Segundo Costa, o atual governo fará um levantamento da situação. A conclusão de creches, escolas e unidades de saúde serão prioridade. 

Últimas