Brasília Solidariedade oficializa apoio à reeleição de Ibaneis no DF

Solidariedade oficializa apoio à reeleição de Ibaneis no DF

A duas semanas do início da campanha eleitoral, governador firmou aliança com sete partidos 

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Reunião do Solidariedade com chapa de Ibaneis

Reunião do Solidariedade com chapa de Ibaneis

Divulgação/GDF

Em reunião nesta quinta-feira (28), mais um partido oficializou o apoio à campanha de reeleição de Ibaneis Rocha: o Solidariedade. Com isso, chega a sete o total de legendas aliadas à chapa do MDB no Distrito Federal. A candidatura será confirmada na convenção partidária deste domingo (31).

O encontro contou com a presença do presidente regional do Solidariedade, o deputado federal Lucas Vergílio (GO), da candidata a vice, Celina Leão (PP), e de Flávia Arruda (PL), postulante ao Senado.

"A gente aqui se sente em casa, são pessoas com quem já temos convívio. Já sabemos qual o projeto que eles têm para o Distrito Federal, e todo o projeto do DF impacta também Goiás, a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno [Ride]. É uma região muito carente que necessita dessa interlocução", afirmou Vergílio.

O parlamentar, que pretende disputar a reeleição à Câmara dos Deputados, articulou a aliança para se viabilizar sobretudo nas cidades do Entorno. Vergílio reforçou a necessidade de aproximação entre o governo do DF e o de Goiás, comandado por Ronaldo Caiado (União Brasil), com quem Ibaneis já trocou farpas.

Antes de fechar com Ibaneis, o Solidariedade vinha mantendo conversas com outros políticos que vão concorrer ao Governo do DF, entre eles Leandro Grass (PV) e Antônio Reguffe (União Brasil). Os três encabeçam as pesquisas de intenção de voto. No levantamento mais recente do Real Time Big Data, quando apresentados a uma lista de candidatos, 35% dos entrevistados apontaram a preferência por Ibaneis, 21% por Reguffe e 8% por Grass.

"Uma coisa que é muito importante para nós é a força do Solidariedade no Entorno", afirmou Ibaneis. "Essa parceria vai nos ajudar a eleger nossa senadora, nossa chapa." O governador ressaltou que o Solidariedade, que compôs a nominata com nove candidatos a deputado federal e 25 a distrital, deve estar na convenção deste domingo (31).

Convenções

Na ocasião, além do MDB, outros aliados, como PP, PL e Patriota, farão as próprias convenções partidárias no Centro de Convenções. No final, haverá o anúncio conjunto de apoio à chapa. Republicanos, PTB, Agir e PROS confirmaram nesta semana o apoio à composição.

O acerto das coligações foi feito a duas semanas do início da campanha eleitoral. Outros partidos, como Republicanos, PSD e PDT, deixarão para o último dia do prazo, 5 de agosto, a realização de convenções, para promover encontros e firmar alianças enquanto as negociações estão em aberto.

A propaganda eleitoral no rádio e na TV começa em 26 de agosto e vai até 29 de setembro. Ao longo de 70 diários, as emissoras terão de reservar horário na grade para essas transmissões. Os partidos que firmam coligações funcionam como uma só sigla para a disputa a cargos majoritários. A definição do tempo de propaganda nesses meios eletrônicos é proporcional ao tamanho das bancadas na Câmara dos Deputados.

Últimas