Brasília STF julga, a partir da meia-noite, afastamento de Ibaneis Rocha

STF julga, a partir da meia-noite, afastamento de Ibaneis Rocha

A Corte se reúne de forma virtual e vai decidir se referenda a liminar de afastamento do governador do DF emitida por Moraes

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Governador afastado do DF, Ibaneis Rocha

Governador afastado do DF, Ibaneis Rocha

TV Câmara/Reprodução - Arquivo

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar virtualmente, a partir de meia-noite desta quarta-feira (11), a validação do afastamento do governador do Distrito Federal do cargo, Ibaneis Rocha (MDB), por 90 dias. O afastamento foi determinado pelo ministro do STF Alexandre de Moraes na segunda-feira (9), horas após manifestantes terem invadido e depredado as sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Pelas redes sociais, Ibaneis publicou uma nota em que afirma que vai aguardar "com serenidade" o processo que apura as responsabilidades na gestão da Segurança do DF durante as invasões.

"Respeito a decisão do Ministro Alexandre de Moraes, mas reitero minha fé na Justiça e nas instituições democráticas", escreveu Ibaneis. Apesar de sinalizar que não vai recorrer da decisão, o político declarou que houve "a inteira disposição do Governo do Distrito Federal no sentido de evitar todo e qualquer ato que atentasse contra o patrimônio público".

Intervenção

A intervenção federal foi determinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em meio aos ataques antidemocráticos. É uma medida de caráter excepcional e temporária prevista na Constituição. Ela afasta a autonomia do Governo do Distrito Federal — nesse caso, especificamente sobre a área de Segurança Pública. 

Últimas