Brasília Suspeito tira a arma de policial, dispara em PM e acaba morto no DF

Suspeito tira a arma de policial, dispara em PM e acaba morto no DF

De acordo com a corporação, depois que a militar foi atingida no braço, outros PMs dispararam contra o agressor

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Militares da PMDF

Militares da PMDF

PMDF/Divulgação - Arquivo

Uma policial de 31 anos foi baleada e um homem morreu alvejado quando outros militares que estavam no local reagiram. O episódio aconteceu em Sambaia, no Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira (7). Uma equipe da PM tinha ido a um endereço atender uma ocorrência de violência familiar quando, de acordo com a comunicação da corporação, o suspeito reagiu.

A mulher que chamou a polícia é mãe do suspeito. Segundo uma nota divulgada pela PM, ela tinha uma medida protetiva contra o filho por conta das agressões que sofria. Na manhã de terça-feira (6), ele teria ido ao endereço da mulher, que se escondeu na casa de uma vizinha. O homem foi embora antes da chegada dos policiais.

Nesta quarta-feira (7), porém, ele estava no local quando a equipe chegou e, segundo a corporação, entrou em luta com um dos militares — quando conseguiu puxar a arma e disparar.

O disparo atingiu uma policial no braço. Em resposta, outros PMs dispararam contra o suspeito, que morreu no local. A policial ferida foi levada para o Hospital Santa Marta e seguia internada até às 15h50 desta quarta.

Policiais rodoviários assassinados

Em 18 de maio, dois policiais rodoviários federais também entraram em confronto com um suspeito que conseguiu pegar a arma dos agentes. Nesse caso, porém, o agressor atirou e matou Márcio Hélio Almeida de Sousa e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho.

O caso aconteceu em uma rodovia em Fortaleza (CE). O suspeito era morador de rua e policiais decidiram abordá-lo pois ele cambaleava pela rodovia BR-116. Os agentes morreram no local. Outro policial que passava pela localidade viu o confronto e matou o agressor.

Últimas