Brasília Trio é preso por compartilhar vídeo íntimo como forma de vingança

Trio é preso por compartilhar vídeo íntimo como forma de vingança

O caso está a cargo da 38ª DP. Os suspeitos respondem por crime de divulgação, sem consentimento, de cena de sexo

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Três homens de 20 anos de idade acabaram presos por divulgar, sem consentimento, imagens íntimas e cenas de sexo de uma mulher. O caso está a cargo da 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires). O crime foi cometido como forma de vingança, depois que um integrante do trio terminou o namoro com a jovem.

As prisões ocorreram durante a operação Bad Boyfriend (mal namorado, em tradução livre do inglês). Segundo investigadores, um dos três agressores namorou por quatro anos com a vítima, que tem 19 anos. Depois do término, ele passou a divulgar para os amigos vídeos de relações sexuais com a antiga parceira. Ele responderá por crime de divulgação de cena de sexo sem o consentimento da vítima, com pena prevista de um a cinco anos de prisão.

A pena poderá ser aumentada em até dois terços, pois o agressor tinha relação íntima com a mulher. A polícia também apreendeu os celulares dos investigados e o computador do ex-namorado da vítima. No aparelho telefônico, agentes encontraram o vídeo divulgado. O material será periciado.

Se ficar provado que os amigos do ex-namorado repassaram as imagens recebidas, eles também responderão por divulgar cenas de sexo sem o consentimento da vítima. Um integrante do trio foi preso em flagrante por posse de droga para consumo pessoal, pois levava consigo um cigarro de maconha. Ele confessou ter recebido o vídeo enviado pelo ex-namorado da moça.

Últimas