Brasília TSE dá cinco dias para Bolsonaro se explicar sobre vídeo contra urnas

TSE dá cinco dias para Bolsonaro se explicar sobre vídeo contra urnas

Dias depois dos atos de vandalismo em Brasília, ex-presidente publicou vídeo nas redes questionando o resultado das eleições

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Ex-presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro

Ex-presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro

Adriano Machado/Reuters - 6.7.2022

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Benedito Gonçalves determinou que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) se explique, no prazo de cinco dias, sobre uma publicação na internet contra o resultado da eleição feita dois dias depois da invasão ao Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF).

O documento explica que Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais com a seguinte frase: “Lula não foi escolhido pelo povo, ele foi escolhido e eleito pelo STF e TSE”. O ex-presidente apagou a publicação em seguida.

Segundo a defesa de Bolsonaro, eles estão preparando uma manifestação que será apresentada em breve.

 A decisão foi anexada na ação do TSE contra Bolsonaro e aliados. O prazo de cinco dias começa a contar a partir da citação de Bolsonaro.

Últimas