Brasília União Brasil cobra demissão de Daniela Carneiro ainda nesta semana

União Brasil cobra demissão de Daniela Carneiro ainda nesta semana

Saída de ministra do Turismo já é dada como certa, mas presidente Lula ajusta acordo com marido dela, o prefeito Waguinho (RJ)

  • Brasília | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro

Pedro França/Ministério do Turismo - 2.1.2023

O União Brasil tem cobrado o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a demitir a ministra do Turismo, Daniela Carneiro, até o fim desta semana. Com o Congresso Nacional prestes a entrar em recesso e pautas prioritárias para a área econômica na agenda de votação, o partido quer a saída de Daniela para entregar os votos de que o governo precisa.

A demissão de Daniela já está acertada desde o mês passado, mas Lula ainda não confirmou a saída porque busca uma forma de compensar a ministra. Nas eleições do ano passado, o presidente se aproximou de Daniela e do marido dela, o prefeito de Belford Roxo (RJ), Waguinho (Republicanos), e criou uma boa relação com os dois.

Dessa forma, Lula quer fazer um gesto à família para que Daniela não saia do ministério com as mãos abanando. Uma das ideias cogitadas pelo presidente é que o governo autorize obras nas áreas da saúde e da educação em Belford Roxo. Waguinho está em Brasília e deve encontrar Lula até o fim da semana para tratar da situação de Daniela.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

A ministra vai deixar o cargo após ter gerado um mal-estar com o União Brasil. Em abril, ela anunciou que deixaria o partido, e desde então a legenda tem cobrado Lula a substituí-la para acomodar outro político do partido.

Líderes do União Brasil dizem que Daniela já não representa mais a legenda. Além disso, dirigentes do partido afirmam que uma eventual continuidade dela no cargo não vai fazer com que o União Brasil apoie Lula em votações no Congresso Nacional.

Para substituir Daniela, o União Brasil já definiu o nome do deputado Celso Sabino (União Brasil-PA). O parlamentar tem amplo apoio do partido, sobretudo da bancada da Câmara, que conta com 59 parlamentares.

Na semana passada, durante participação em um fórum jurídico em Portugal, Daniela comentou a situação dela no Ministério do Turismo e adotou um tom de despedida. Ela prometeu apoiar Lula mesmo fora do governo e disse que vai ser uma fiel escudeira do presidente assim que voltar à Câmara dos Deputados.

“A hora que o presidente chamar para conversar, eu estou aqui à disposição, estou aqui para servir o Brasil, servir o presidente Lula, através da indicação dele”, afirmou.

Últimas