Brasília Veja promessas dos candidatos ao Governo do DF durante agenda desta quinta

Veja promessas dos candidatos ao Governo do DF durante agenda desta quinta

Concorrentes ao Buriti percorreram as regiões administrativas e reforçaram projetos para economia, saúde, segurança e transporte

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Palácio do Buriti, sede do poder Executivo do Distrito Federal, em Brasília

Palácio do Buriti, sede do poder Executivo do Distrito Federal, em Brasília

Tony Oliveira/Agência Brasília

Os candidatos ao Governo do Distrito Federal cumpriram agenda de campanha em diversas regiões administrativas nesta quinta-feira (15) e reforçaram projetos para economia, saúde, segurança e transporte.

No Riacho Fundo II, o atual governador e candidato à reeleição, Ibaneis Rocha (MDB), anunciou uma expansão imobiliária para a região. Ibaneis também se reuniu com empresários da Federação das Associações das Micro e Pequenas Empresas em um almoço na Candangolândia e lembrou programas do governo voltados para o setor, como o Pró-DF.

A senadora Leila Barros (PDT) participou de uma sabatina em um programa de TV. Ao longo de 35 minutos, ela falou sobre o papel das mulheres no governo e defendeu a maior participação delas em uma possível eleição. A parlamentar também falou sobre a carreira no esporte e as propostas na área da saúde. "Vamos investir na gestão direta de todos os hospitais públicos", afirmou.

Para a educação, a candidata defendeu a ampliação do ensino em tempo integral. Leila também argumentou sobre segurança, afirmando que é necessário melhorar a formação dos policiais. "Sobre os protocolos de abordagem da PM, vamos trabalhar para que mulheres, LGBTQIA+, vulneráveis e outros tenham abordagens mais humanizadas".

Leandro Grass (PV), durante um discurso para estudantes de uma ONG, no Gama, falou sobre a criação de um consórcio entre o DF, Goiás e o Governo Federal para melhorar a prestação de serviços aos moradores das cidades do Entorno.

"Cada um assume seu papel até do ponto de vista orçamentário para a implementação dessas políticas. Nosso plano de mobilidade é investir na integração do Entorno com o DF", disse o candidato. "A Saúde será o segundo foco", acrescentou.

Grass também ressaltou o problema da exclusão digital de jovens, que não têm acesso a aparelhos celulares e à internet. "Com isso, são excluídos do trabalho, da comunicação, das oportunidades. Se depender de nós que estamos aqui, vamos multiplicar essa experiência".

Lucas Salles (Democracia Cristão), depois de uma caminhada seguida por um almoço no Restaurante Comunitário de São Sebastião, apresentou propostas de governo voltada para as mulheres em seu canal no Youtube. "A sensibilidade feminina é muito importante nesse momento pós-pandêmico de reconstrução da sociedade", afirmou.

"A gente precisa dar condições de qualificação, como o 'Empreender Mulher' vai dar. Vamos qualificar essas mulheres, vamos emprestar dinheiro a juros baixos e subsidiá-las com um ano de carência, cinco anos para pagar", prometeu.

Últimas