Brasília Vídeo: incêndio atinge parte do Parque Nacional de Brasília 

Vídeo: incêndio atinge parte do Parque Nacional de Brasília 

As queimadas começaram na segunda-feira (5); segundo o Corpo de Bombeiros do DF, o fogo está controlado 

  • Brasília | Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Bombeiro apagando fogo no Parque Nacional de Brasília

Bombeiro apagando fogo no Parque Nacional de Brasília

Reprodução/CBMDF

Equipes do Corpo de Bombeiros continuam combatendo o incêndio florestal no Parque Nacional de Brasília que começou na manhã de segunda-feira (5). 90 militares foram acionados para impedir a propagação das chamas. Segundo a corporação, as queimadas estão controladas. 

Os bombeiros informaram que apesar do fogo ter sido controlado durante a madrugada desta terça-feira (6) novas equipes devem ser alocadas para o local. "Nós temos enfrentado condições climáticas adversas, principalmente os ventos fortes e persistentes nessa época do ano", explicou o capitão Paulo Jorge.

O Instituto Chico Mentes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) informou que o fogo atingiu a região da Barragem de Santa Maria e o Córrego da Barriguda. "Para apoio foram utilizados o caminhão Auto Bomba Tanque Florestal (ABTF) do Instituto e, pelo ar, o Air Tractor, dos bombeiros", disse o insituto. 

Veja região atingida no Parque Nacional de Brasília: 

Incêndio atingiu Parque Nacional de Brasília nesta segunda-feira (5)
Incêndio atingiu Parque Nacional de Brasília nesta segunda-feira (5) Instituto Chico Mendes/Divulgação

Queimadas

Devido às altas temperaturas e a baixa umidade no Distrito Federal, as queimadas ficam mais frequentes.  Práticas como queima de lixo e restos vegetais também contribuem para a propagação do fogo.

De acordo com o monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, até 24 de julho, o DF registrou 79 focos de incêndios. O montante é 41% maior do que o computado por imagens de satélite no mesmo período do ano passado.

Leia mais: Focos de queimadas aumentam 41% no Distrito Federal

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro.

Últimas