Brasília Vídeo: Policial militar espanca empresária no Distrito Federal

Vídeo: Policial militar espanca empresária no Distrito Federal

O PM foi ao escritório da mulher cobrar uma dívida, mas ela não pagou, e ele a agrediu e levou produtos da sala

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Um policial militar e uma empresária se envolveram em uma grave discussão na tarde de quarta-feira (13) que acabou na delegacia, no Riacho Fundo, no Distrito Federal. A briga foi registrada pelas câmeras de segurança da loja da comerciante, que deixam claras as agressões praticadas pelo militar contra a mulher.

As imagens mostram os dois conversando e, em seguida, a mulher sendo rendida pelo policial, arrastada pela sala e enforcada por ele. O PM torce o braço da empresária e a imobiliza no chão. Por fim, ele aponta a arma para o rosto dela.

Segundo o depoimento da mulher, ela teria vendido dólares à esposa do militar, mas ainda faltaria uma parte do dinheiro para ser entregue. Por isso, elas marcaram um encontro na loja para quitar a dívida. Contudo, quem apareceu para cobrar o débito foi o policial.

Policial militar agride empresária para cobrar dívida

Policial militar agride empresária para cobrar dívida

Reprodução

Versões conflitantes
Segundo a versão do PM, quando ele a questionou sobre a dívida, a mulher desdenhou da pergunta. Já a empresária diz que o PM a ofendeu. E, assim, começou a discussão entre os dois.

O policial alega que a comerciante afirmou que não iria pagar o que devia. Ela, por sua vez, sustenta que se sentiu ofendida em seu próprio estabelecimento e mandou o homem sair do local.

Como ele resistiu, ela o segurou pela camisa e o empurrou para fora da loja. A mulher afirmou que foi agredida e, quando conseguiu se desvencilhar, pegou uma faca para se defender. O militar conta que ela foi com a arma branca na direção dele. A empresária diz que, nesse momento, o PM sacou uma arma de fogo.

O policial admitiu que, depois que a mulher largou a faca, recolheu diversos pertences da loja para compensar o valor devido por ela. Depois da briga, os dois prestaram depoimento à Polícia Civil.

Afastamento
A Polícia Militar informou que vai abrir um processo para apurar o comportamento do militar. "Até que os fatos sejam elucidados, medidas cautelares serão adotadas e o policial será afastado das atividades de policiamento", diz a nota da corporação.

Últimas