Cidades Cinegrafista da RIC Record TV é agredido em Londrina (PR)

Cinegrafista da RIC Record TV é agredido em Londrina (PR)

Rodrigo Marques foi atacado e teve seu equipamento quebrado por Rubens Coloniezi enquanto fazia imagens de um acidente

  • Cidades | Do R7

Um homem agrediu um cinegrafista da RIC Record TV Londrina, na noite desta terça-feira (28), enquanto o profissional fazia imagens do acidente causado por ele. Rodrigo Marques foi atacado e teve seu equipamento quebrado por Rubens Rodrigues Coloniezi, de 30 anos.

Coloniezi, que apresentava sinais de embriaguez, dirigia um Fiat Palio vermelho que avançou uma preferencial e se chocou com uma moto, ferindo gravemente uma mulher. Ela sofreu traumatismo craniano e fratura no fêmur, e foi internada. Já o cinegrafista teve um deslocamento no ombro, foi socorrido e liberado em seguida.

O acidente e a agressão foram registrados por testemunhas que estavam no local. Na imagens, é possível ver quando um homem descontrolado corre em direção ao cinegrafista e o joga no chão violentamente. Em cima da vítima, ele ainda quebra seu equipamento até ser contido por pedestres.

Imagens mostram cinegrafista sendo agredido por motorista alcoolizado

Imagens mostram cinegrafista sendo agredido por motorista alcoolizado

Reprodução RIC Record TV Lodrina

Coloniezi foi preso em flagrante e levado pela PM (Polícia Militar). Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas, em depoimento, confirmou ter ingerido bebidas alcoólicas. Também disse ter agredido o cinegrafista porque se sentiu ameaçado.

O jornalista continua recebendo apoio médico e jurídico da emissora.

Nota de repúdio

Em nota, o Sindijor Norte PR (Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná), o Sindijor PR (Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná) e a Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) repudiam a agressão ao repórter cinematográfico Rodrigo Marques, da RIC Record TV Londrina

"Com sinais de embriaguez, Coloniezi partiu para cima de Marques pelo simples fato de o repórter estar exercendo o seu trabalho, com câmera nas mãos, registrando a ocorrência", diz a nota.

Veja nota de repúdio da Abratel

"A Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) repudia as agressões sofridas por Rodrigo Marques, repórter cinematográfico da RIC Record TV Londrina, na noite de terça-feira (28).

Ele foi agredido, de forma covarde, enquanto fazia a cobertura jornalística de um acidente de trânsito no centro de Londrina (PR). O cinegrafista teve o ombro deslocado pelo agressor, que havia batido o carro contra uma moto e apresentava sinais de embriaguez.

A Abratel considera este tipo de ato inadmissível e se posiciona e sempre se posicionará a favor das liberdades de imprensa e de expressão. A cobertura jornalística é um direito da emissora e faz parte do exercício da profissão.

A Associação exige das autoridades policiais e do judiciário a punição adequada ao agressor, bem como medidas para proteção ao trabalho jornalístico.

A Abratel espera que situações como essa não se repitam e que as emissoras de televisão possam continuar a sua essencial missão de levar informação imparcial e de qualidade à sociedade.

Associação Brasileira de Rádio e Televisão
ABRATEL"

Últimas