Cidades Cliente joga pote de açaí na cara de entregador após atraso: 'Não posso passar por cima do trânsito'

Cliente joga pote de açaí na cara de entregador após atraso: 'Não posso passar por cima do trânsito'

Em dia chuvoso e com a cidade alagada, Ellai Guedes conta como passou pela situação constrangedora enquanto ganhava um 'extra'

  • Cidades | Isabelle Amaral, do R7

Ataque ocorreu por conta do atraso e porque o açaí estava 'vazando um pouco'

Ataque ocorreu por conta do atraso e porque o açaí estava 'vazando um pouco'

Reprodução/Redes sociais

Um entregador teve um pote de açaí jogado na cara por uma cliente, na cidade de Patos, na Paraíba, no domingo (26). Sentindo-se humilhado, o jovem Ellai Guedes postou um vídeo nas redes sociais, que viralizou. "Não posso passar por cima das pessoas no trânsito, não tinha só o pedido dela. Para mim, isso é totalmente inadmissível", disse.

A publicação de Ellai teve mais de 29 mil curtidas e 1.875 comentários, com pessoas que relataram a indignação pelo ocorrido. No vídeo, o jovem conta que trabalha como entregador para ganhar um extra e estava desde o início da noite trabalhando, mesmo em meio à chuva intensa e ao alagamento na cidade. "Ela se achou no direito de jogar açaí na minha cara", desabafou.

Frustado com o que acabara de acontecer, Ellai decidiu encerrar o trabalho e voltar para casa. "Essa é a triste realidade de nós, entregadores. Nós merecemos respeito. As pessoas precisam aprender a ter paciência."

Na declaração, o trabalhador ainda lamenta o fato de ele não ter sido o primeiro e, provavelmente, nem o último. Agora, segundo o jovem, o que ele mais espera é que a "justiça de Deus seja feita". Ellai afirma que não sabe como esse tipo de situação se enquadra, se é danos morais ou agressão.

Mesmo assim, "medidas cabíveis já foram tomadas e com certeza haverá procedimento. Pessoas como essa mulher não merecem nem vão sair impunes após uma situação como essa", escreveu na publicação.

Últimas