Diário Digital Descendente dos fundadores da Capital, José Pereira é sepultado em Campo Grande

Descendente dos fundadores da Capital, José Pereira é sepultado em Campo Grande

Foi sepultado na manhã desta segunda-feira (28) o pecuarista e empresário José Pereira de Souza Martins, entre homenagens pelos 95 anos de vida e contribuições prestadas a Campo Grande e a Mato Grosso do Sul, tendo participado ativamente nos processos de criação do Estado e também da Acrissul (Associação de Criadores de MS). A breve […] O post Descendente dos fundadores da Capital, José Pereira é sepultado em Campo Grande apareceu primeiro em Diário Digital.

Foi sepultado na manhã desta segunda-feira (28) o pecuarista e empresário José Pereira de Souza Martins, entre homenagens pelos 95 anos de vida e contribuições prestadas a Campo Grande e a Mato Grosso do Sul, tendo participado ativamente nos processos de criação do Estado e também da Acrissul (Associação de Criadores de MS).

A breve cerimônia aconteceu no Cemitério Parque das Primaveras, entre familiares e amigos próximos, entre eles o Dr Laucídio Coelho Filho, que compareceram para o último adeus.

Vítima de parada cardíaca neste domingo, José Pereira é conhecido pela trajetória e articulação política. O sobrenome veio do fundador da Capital, José Antônio Pereira, bem como o espírito desbravador. Graduado em Economia e Administração pela Universidade Mackenzie de São Paulo, fundou a concessionária Perkal e manteve fazendas que eram sua paixão, contribuindo para o crescimento e melhoramento da pecuária em Mato Grosso do Sul.

Foi um dos primeiros presidentes da Acrissul, com presença constante junto às principais decisões políticas do Estado. Em sua residência, o filho de Etalívio Pereira Martins e Dona Amanda Pereira, recebeu de governadores a presidentes da República. Casado com Geny Ratier Pereira, deixa três filhos: Renato, Roberta e Renata – as duas últimas, fruto do primeiro matrimônio. Deixa um legado de trabalho e bravura, enaltecido nos últimos discursos e homenagens.

Emocionado, o Dj e empresário Renato Ratier lembrou do pai como um exemplo de trabalho. “Meu pai atuou até os 91 anos de idade, todos os dias e com grande paixão pelo que fazia. Foi um guerreiro, generoso e filantropo que, apesar de descansar aos 95 anos de idade, nos deixa muita saudade e gratidão”, declarou. Em suas redes sociais, Renato disse que gostaria de ter convivido mais tempo com José Pereira e deixou um recado aos jovens: "Aproveitem muito seus pais enquanto ainda estão vivos. Eles são o maior tesouro que você terá na vida”.

O post Descendente dos fundadores da Capital, José Pereira é sepultado em Campo Grande apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas