Diário Digital Magistrados participam de evento para resgatar a história da cultura negra

Magistrados participam de evento para resgatar a história da cultura negra

Neste sábado ocorreu a "Caminhada Negra" – evento realizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros, juntamente com a Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul. A ação tem como objetivo marcar o dia da Consciência Negra, contribuindo com o resgate histórico da cultura negra do país. Composto por 10 inscritos da magistratura, a caminhada passará […] O post Magistrados participam de evento para resgatar a história da cultura negra apareceu primeiro em Diário Digital.

Neste sábado ocorreu a "Caminhada Negra" – evento realizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros, juntamente com a Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul. A ação tem como objetivo marcar o dia da Consciência Negra, contribuindo com o resgate histórico da cultura negra do país.

Composto por 10 inscritos da magistratura, a caminhada passará por pontos de que costuram os fatos mais emblemáticos de mais de 5 séculos da história do negro no país. O evento, de porte nacional, ocorrerá em Campo Grande (MS) de forma simultânea com outras 9 cidades simultâneas.

Idealizado pelo site "Guia Negro" o evento que tem a participação e magistrados mostra aos inscritos locais na Capital com grande influência e cultura negra na cidade como: a comunidade quilombola Tia Eva e as Furnas do Dionísio, onde visitarão escolas, associações e igrejas da região, para falar e debater a respeito da cultura e história dessas comunidades e da população negra.

Segundo a coordenadora do Fórum permanente das entidades do movimento negro em Mato Grosso do Sul e organizadora do passeio promovido pelo 'Guia Negro", Romilda Pizani, "a população que construiu a ferrovia de nossa cidade e estado, é o nosso povo, a população negra, que contribuiu para a construção desse espaço. Então para nós é muito significativo marcar um ponto de encontro de partida a partir deste espaço".

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Organizadora e Idealizadora do Guia Negro (Foto: Marco Miatelo)

Romilda ainda comenta a ideia que muitos tem de que Campo Grande não possui cultura, "não é verdade a nossa cultura existe, e ela permanece mesmo com a divisão do estado, ou seja, uma das nossas riquezas é o que temos aqui, que é esse monumento da estação rodoviária que a nossa população negra, muito que contribuiu para a construção".

A organizadora do evento explica que o tour é uma realização do site "Guia Negro" através de seus idealizadores, e que "a ideia de contribuir para que esse dia que é considerado para nós um dia de luta e resistência, contribuir para o segmento do turismo possa dar visibilidade para as riquezas da população negra".

A representante da AMAMSUL, Juíza da 3ª vara de violência doméstica e Diretora de Prerrogativa, conta que o evento "busca agregar na magistratura esse aprendizado sobre a cultura dos povos negros". E comenta que o evento é uma ação a nível nacional da AMB (Associação dos Magistrados do Brasil) e que o papel da AMANSUL é trazer esse novo olhar de questões ligadas a raça para o estado.

Uma das inscritas, comenta a respeito da importância do evento para os magistrados, "para nós, como juízes é extremamente importante pois somos agentes de transformação social, então ter esse conhecimento sobre a história negra do país, é extremamente importante obter essas informações e ter essa construção social", comenta a Juíza Camila Porciúncula.

O post Magistrados participam de evento para resgatar a história da cultura negra apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas