Diário Digital Polícia localiza mulher que deixou cachorro Poodle preso e com ferimentos

Polícia localiza mulher que deixou cachorro Poodle preso e com ferimentos

A Polícia Militar Ambiental (PMA) localizou a mulher que deixou um cachorro da raça Poodle amarrado no quintal de uma residência, sem água, alimentos e ainda com ferimentos. Ela confirmou ter deixado o animal no local, mas negou maus-tratos. O caso aconteceu em Bela Vista no dia 28 de Abril. As fotos do animal debilitado […] O post Polícia localiza mulher que deixou cachorro Poodle preso e com ferimentos apareceu primeiro em Diário Digital.

A Polícia Militar Ambiental (PMA) localizou a mulher que deixou um cachorro da raça Poodle amarrado no quintal de uma residência, sem água, alimentos e ainda com ferimentos. Ela confirmou ter deixado o animal no local, mas negou maus-tratos.

O caso aconteceu em Bela Vista no dia 28 de Abril. As fotos do animal debilitado e com ferimentos, inclusive, uma putrefação no olho causaram grande comoção.

Na ocasião, a informação conseguida foi de que o proprietário do animal havia se mudado e o abandonado na residência. A PMA conseguiu levantar informação sobre a possível proprietária e a localizou hoje (4) no assentamento rural Santa Marina, localizado a 45 km da cidade.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
Animal tinha o olho em putrefação (Foto: PMA)

A mulher assumiu o fato, disse que não era dona do cachorro e que o encontrou em frente à residência e o colocou para dentro do quintal. Negou que tenha o trancando e amarrado dentro do banheiro.

"Porém, mesmo se fosse verdade, o fato de ter ido embora da casa e deixado o animal naquela situação e o prendido no quintal sem alimento e água já caracterizaria maus tratos", diz a PMA em nota.

A mulher informou aos Policiais que é semianalfabeta, está desempregada e que, inclusive, não teria nem como pagar o aluguel da casa e, por isso saiu do local. Ela foi qualificada e foi autuada administrativamente e multada em R$ 1.000,00.

Diário Digital

Diário Digital

Diário Digital
(Foto: Divulgação/PMA)

A infratora também responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para maus tratos a cães e gatos é de dois a cinco anos de reclusão.

Situação do cachorro - Quanto ao cachorro, ele foi atendido pelo médico veterinário Patrick Meira, que cuidou do animal sem cobrar nada da Polícia Militar Ambiental. O cão está agora gozando de boa saúde e já está em novo lar, pois foi adotado por uma jovem de 19 anos, moradora da cidade.

O caso do poodle era extremamente grave e houve necessidade de cirurgia para remoção do olho, que estava totalmente infestado por larvas. Depois foram e continuam sendo realizadas limpezas, porém, não há mais risco para o poodle, que poderá levar uma vida normal.

O post Polícia localiza mulher que deixou cachorro Poodle preso e com ferimentos apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas