Folha Vitória Com mais de 30 gatos adotados, idosa de Viana enfrenta dificuldades financeiras

Com mais de 30 gatos adotados, idosa de Viana enfrenta dificuldades financeiras

Com a chegada da pandemia, a idosa não conseguiu manter os custos da casa e dos gatos; ela está contando com a ajuda de uma vizinha, que é dona de um abrigo para animais

Folha Vitória
Foto: Andreza Marcelino
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma moradora do bairro Canaã, em Viana, tem passado por maus momentos em casa. Vivendo sozinha e de aluguel, ela não está conseguindo se manter apenas com o salário de aposentada. Apesar de morar sozinha, ela divide o lar com seus mais de 30 gatos.

Essa história é da Lenir Loreti de Souza, de 75 anos. Desde que a situação começou a apertar, ela tem contado com a ajuda da vizinha Andreza Marcelino Carvalho. Protetora dos animais e dona de um abrigo há cerca de dois anos, Andreza descobriu a situação de Lenir ao acaso.

"Eu moro bem perto da casa dela. Um dia eu estava procurando um dos gatos que fugiu do meu abrigo e encontrei com a filha dela. Ela me parou e pediu socorro pela situação que a mãe estava vivendo em casa".

Assim que ficou sabendo da história, Andreza foi ver de perto a situação da idosa. No local, ela se deparou com um cenário lamentável. Os mais de 30 gatos estão espalhados pela casa e, por não ter um espaço destinado à eles, os animais acabam fazendo as necessidades pelo chão da residência.

"A casa é bem vazia. Tem uma geladeira, um fogão e um armário todos bem velhos. Também tem uma cama na sala, mas que está sem o colchão e é lá que alguns gatos dormem. A Lenir dorme no chão da varanda".

Dificuldades na pandemia

Além da dificuldade em cuidar dos animais, a moradora também tem sofrido para se manter dentro de casa com os gastos de alimentação, contas e cuidados básicos.

Antes da pandemia, segundo contou Andreza, a idosa conseguia equilibrar os gastos com os animais e com a própria alimentação pois além da aposentadoria, Lenir trabalhava como cuidadora e tinha outro emprego dentro de uma casa noturna. 

Com a chegada da pandemia, o estabelecimento fechou, os funcionários foram mandados embora e a idosa ficou sem mais uma renda. 

Ajuda virtual

Comovida com a situação da vizinha, Andreza decidiu utilizar a visibilidade nas redes sociais e a experiência na proteção de animais para socorrer a idosa. Dona do abrigo Duas Mãos & Quatro Patas, ela gravou um vídeo na casa de Lenir onde mostra a situação do local.

A divulgação do caso deu bons frutos! Na primeira postagem, a idosa conseguiu arrecadar doações. Andreza contou que pessoas de comoveram com a condição da moradora ajudaram com ração e areia para os animais.

Saiba como ajudar

Para realizar uma doação para Lenir, a Andreza disponibilizou os contatos e as opções de pagamento do próprio abrigo:

PIX: 05259187520
PicPay: @duas.maos.quatro.patas
Whatsapp: 9 8845-6385.

Últimas