Folha Vitória Suspeito é agredido por populares após assaltar uma mulher em Vila Velha

Suspeito é agredido por populares após assaltar uma mulher em Vila Velha

Um Policial que seguia para casa, no bairro Alvorada, presenciou a confusão e prendeu o suspeito que, após sair da delegacia,

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Um homem de 26 anos foi agredido por populares, na noite de terça-feira (15), após assaltar uma mulher no bairro Alvorada, em Vila Velha. O homem usou uma faca e uma pistola falsa para abordar a vítima, de 22 anos de idade.

Ela estava chegando em casa, depois de um dia de trabalho, quando foi abordada pelo assaltante. Muito abalada, ela contou para equipe da TV Vitória/ Record TV que o homem estava bastante agressivo e que pegou a mochila dela com todos os pertences.

No momento em que o individuo parou para olhar o que tinha dentro da bolsa, a moça correu em direção a um bar e pediu ajuda. Foi nesse momento que a população se revoltou e começou a agredir o assaltante.

Um Policial Civil estava a caminho de casa na hora da confusão quando notou que se tratava de uma assalto e foi para o local para prender o criminoso.

>>> Leia também: Suspeito morre e policial é baleado durante confronto no Morro do Quadro em Vitória

"Estava indo pra casa depois do dia de trabalho quando vi uma correria no início do bairro. Fui ver do que se tratava, percebi que era um rapaz que tinha roubado uma moça e as pessoas estavam querendo alcançá-lo. Eu fui nesse intuito também de ajudar a prendê-lo", contou o policial.

O homem foi agredido com chutes, socos e algumas pessoas usaram até pedaços de pau para bater no assaltante. Para evitar que a situação ficasse ainda pior policial impediu que as agressões continuassem.

"Algumas pessoas estavam querendo fazer justiça com as próprias mãos, aí a situação se inverteu. Eu, como policial, não pude deixar de agir e evitar que ele fosse linchado. Fui evitar que outro crime acontecesse", disse o policial. 

Ele contou ainda que entende a revolta da população, pois na região ocorrem muitos assaltos, mas explica que não é com violência que o problema será resolvido.

"Muitas pessoas alteradas, com certa razão, porque é muito roubo. Então, as pessoas ficam nervosas. Já tentaram me roubar cinco vezes, não conseguiram. Mas não é dessa forma que vai resolver", enfatizou. 

O homem de 26 anos precisou sair de maca da Delegacia Regional de Vila Velha e recebeu os primeiros atendimentos médicos em uma ambulância do Samu. O assaltante teve ferimentos na cabeça, pernas e braços e foi encaminhado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória.

>>> Leia também: Tiroteio em Vitória: Janela de escola municipal e casas são atingidas em Andorinhas

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Gabriela Valdetaro. 

Últimas