Cidades Internada há cinco meses por cheirar pimenta, jovem deve passar por nova cirurgia

Internada há cinco meses por cheirar pimenta, jovem deve passar por nova cirurgia

Thais cozinhava com o namorado quando passou mal e ficou sem respostas neurológicas; infecções atrapalham sua recuperação

  • Cidades | Isabelle Amaral, do R7

Jovem está internada desde 17 de fevereiro após sofrer uma reação alérgica por cheirar pimenta

Jovem está internada desde 17 de fevereiro após sofrer uma reação alérgica por cheirar pimenta

Arquivo pessoal

A trancista Thais Medeiros, internada há cinco meses em Goiás após sofrer uma reação alérgica por cheirar pimenta, deve passar por uma nova cirurgia nesta segunda-feira (17).

De acordo com a mãe da jovem, Adriana, a cirurgia para retirar abscessos estava prevista para ocorrer no sábado (15), mas precisou ser adiada.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

A trancista fazia comida com o namorado, no dia 17 de fevereiro, quando inalou pimenta-bode, passou mal e precisou ser levada às pressas ao hospital. Ela chegou a ficar sem respostas neurológicas, mesmo sem sedação.

No último procedimento feito em Thais, há três semanas, os especialistas encontraram pus e, por isso, marcaram uma nova operação.

A mãe conta que, apesar de a filha estar reagindo bem aos medicamentos, as infecções vêm atrapalhando sua recuperação.

Enquanto isso, as filhas de Thais, de 6 e 8 anos, perguntam constamente sobre a recuperação da mãe à avó. "Elas sentem muita falta", conta Adriana.

Reação alérgica

Apesar de não conseguir responder, a mãe de Thais gravou um vídeo dela recebendo a notícia de que as suas filhas poderiam visitá-la. Thais parece se emocionar. Veja o vídeo abaixo.

Segundo especialistas, a alergia à pimenta é rara e, quando há esse tipo de intolerância, ocorre uma resposta com a produção de anticorpos contra a proteína do alimento (chamado de IgE), o que gera um processo inflamatório.

Últimas