Cidades Mulher que teve carro devolvido por ladrão com pedido de desculpas diz: 'Isso é muito raro'

Mulher que teve carro devolvido por ladrão com pedido de desculpas diz: 'Isso é muito raro'

No veículo estava cadeira usada pelo filho de 4 anos com deficiência motora. No bilhete havia escrito: "Crime pede perdão"

  • Cidades | Do R7*

Família também recuperou a cadeira usada pela criança com deficiência e avaliada em R$ 17 mil

Família também recuperou a cadeira usada pela criança com deficiência e avaliada em R$ 17 mil

Reprodução / Record TV

Após ter o carro roubado devolvido pelo ladrão com a cadeira especial usada pelo filho de 4 anos com deficiência motora, Rosy Cordeiro afirmou que "vai agradecer a Deus por toda essa conquista, porque isso é muito raro".

O veículo roubado no fim de semana em Cariacica, no Espírito Santo, foi abandonado em um local deserto, no acesso ao bairro Cangaíba, com um bilhete dentro e nenhum suspeito por perto.

Rosy disse que foi avisada por uma das amigas sobre o encontro do veículo: "Ela me ligou bem cedo e falou que havia recebido uma ligação de um amigo que, ao ir trabalhar, viu o carro estacionado. Ela passou na minha casa para a gente conferir se a informação era verdadeira e, chegando lá, a gente se deparou com o carro".

Ela contou que o bilhete deixado pelo ladrão foi encontrado pela equipe policial durante averiguação dentro do carro para saber se havia droga ou algo ilícito. No papel estava escrito: "O crime pede perdão. Na hora da tensão, não deu pra ver o problema da criança e o carro tá sendo devolvido. Tanque cheio!".

Bilhete com pedido de desculpas foi deixado no carro, que foi abandonado

Bilhete com pedido de desculpas foi deixado no carro, que foi abandonado

Reprodução / Record TV

O caso

Imagens de câmeras de segurança flagraram a abordagem do suspeito à vítima, que chegava em casa com o carro e os dois filhos pequenos ao voltar de uma lanchonete. A mulher grita e pede para tirar as crianças de dentro do veículo, uma delas com paralisia motora. Na sequência, o homem foge com o carro.

Segundo o relato de Rosy, nervoso, o suspeito chegou a passar com o carro em cima do pé da filha de 10 anos ao arrancar com o veículo da família.

"Embiquei para entrar na garagem, abri o portão e, quando fui colocar o carro pra dentro, fui surpreendida por um bandido armado que mandou que eu descesse, que ele ia levar o carro. [Meu filho] tava no colo dela [outra filha]. Aí falei: 'meus filhos tão no carro', e ele sai, sai, sai. Saí, rodei o carro, abri a outra porta, aí os vizinhos viram o crime e começaram a gritar", lembra.

Horas depois, ao perceber que havia no veículo uma cadeira de rodas especial usada pela criança com deficiência, avaliada em mais de R$ 17 mil, o suspeito abandonou o carro com o pedido de desculpas.

A cadeira já está com a família, e o carro será devolvido após a realização de perícia. A polícia ainda tenta localizar o assaltante.

*Com colaboração de Matheus Previde, da Record TV

Últimas