Cidades Vídeos de celulares mostram tiroteio em danceteria de Porto Alegre

Vídeos de celulares mostram tiroteio em danceteria de Porto Alegre

Confronto entre gangues deixou um morto e 16 feridos na madrugada de segunda-feira

Vídeos de celulares mostram tiroteio em danceteria de Porto Alegre

Vídeos feitos por celulares, dentro da boate Stuttgart, em Porto Alegre, mostram o momento em que um tiroteio interrompeu um show na madrugada de segunda-feira (3). Um jovem de 19 anos que havia ficado ferido durante um confronto de gangues morreu no hospital. Outras duas pessoas continuam internadas.

Confronto entre gangues deixa um morto e vários feridos em danceteria de Porto Alegre

Confronto entre gangues deixa um morto e vários feridos em danceteria de Porto Alegre

Roberto Furtado/03.11.2014/Futura Press/Estadão Conteúdo

As imagens revelaram que o vocalista cantava o refrão de um funk com dezenas de tiros começaram a ser disparados. Os celulares filmavam o show que acontecia na casa noturna. As armas de fogo chegaram a abafar o som do show de funk. Dentro do banheiro, um homem passou a narrar o que estava acontecendo. 

— A bala pegou, a bala pegou. 

Segundo as investigações, o tiroteio começou quando dois homens armados teriam rendido os seguranças na entrada da boate. Depois eles entraram na danceteria. Lá dentro, encontraram os integrantes de uma gangue rival que já estavam armados. Neste momento, iniciou a troca de tiros. 

A maioria dos 16 feridos durante a confusão já deixou o hospital. Tiago Querubim Silveira, de 19 anos, chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu. Ele tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas, lesão corporal e receptação de veículos. 

Polícia recolheu mais de 30 balas de revólver em danceteria em Porto Alegre

Morre um dos baleados em danceteria de Porto Alegre

Nesta terça-feira (4), a polícia começa a ouvir testemunhas do confronto. A boate que continua fechada funcionava com liminar havia dois anos. Irregularidades nas instalações foram constatadas. No mês passado, foi feita uma nova vistoria e os problemas continuavam.

A casa noturna é conhecida por realizar festas funk. Na madrugada do tiroteio, o show foi comandado pelo MC Bin Laden, de São Paulo. Em uma rede social, o funkeiro disse que ia aterrorizar Porto Alegre. Ele também divulgou fotos fazendo apologia ao uso de armas e drogas. 

Assista ao vídeo:

    Access log