Economia Aplicativo facilita relação entre trabalhador intermitente e empresa

Aplicativo facilita relação entre trabalhador intermitente e empresa

Plataforma batizada de TIO Digital permite que empresas convoquem e administrem os funcionários pelo celular

reforma trabalhista

Trabalhador aceita ou rejeita proposta pelo aplicativo

Trabalhador aceita ou rejeita proposta pelo aplicativo

Reprodução/Google Play

Regulamentado há um ano pela reforma trabalhista, o trabalho intermitente ganhou recentemente um aplicativo para facilitar a relação entre empregado e empregador.

Batizada de TIO Digital, a plataforma permite a convocação dos funcionários por determinado período de tempo, a automação do ponto do trabalhador e ainda possuí um chat para acertar os detalhes da vaga.

Cofundador do aplicativo, Mauricio Garcias explica que a ideia do serviço surgiu para descomplicar a contratação intermitente.

Insegurança limita contratações intermitentes no 1º ano de reforma

"Existem vários complicadores para desencorajar os empregadores que vão utilizar dessa modalidade. Nós procuramos desenvolver um facilitador desse processo”, afirma Garcias.

De acordo com o cofundador, a plataforma entra em ação somente após a contratação formal do funcionário. Com o contrato firmado, ele cadastra o profissional admitido no sistema e envia uma convocação quando houver necessidade. Caberá ao trabalhador apenas aceitar ou recusar a convocação.

“O empregador vai buscar o empregado da forma como ele procura normalmente. A ferramenta vai facilitar o dia a dia das duas partes, tanto do empregador, quanto do funcionário”, destaca Garcias.

Reforma trabalhista faz um ano com queda no número de processos

Usuário do aplicativo, Ricardo Marques, sócio-fundador da empresa de brindes Satelital, analisa que o sistema o auxiliou na admissão de profissionais intermitentes. "A plataforma nos ajuda a controlar, nos avisos sobre os prazos de contratação e nos relatórios".

O advogado Danilo Pieri Pereira, especialista trabalhista do escritório Baraldi Mélega, afirma que a evolução de serviços como o TIO Digital tendem alavancar a contratação dos intermitentes.

"Se esse tipo de iniciativa vingar e se tornar mais popular, você vai ter fatalmente uma diversidade maior de trabalhadores que prestam serviços a diversas empresas", avalia Pieri.

    Access log