Economia Bancos seguem Selic e anunciam redução das taxas de juros

Bancos seguem Selic e anunciam redução das taxas de juros

Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco vão reduzir os custos de algumas linhas para pessoas físicas e empresas, a partir da próxima segunda-feira

  • Economia | Do R7, com Agência Estado

Bancos seguiram corte da Selic a 2% ao ano

Bancos seguiram corte da Selic a 2% ao ano

Pixabay

Alguns bancos anunciaram reduções das taxas de juros aos clientes, acompanhando a decisão do Banco Central de cortar em 0,25 ponto percentual a Selic, divulgada nesta quarta-feira (5). Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco vão reduzir os custos de algumas linhas para pessoas físicas e empresas, a partir da próxima segunda-feira (10).

No caso do BB, haverá redução nos juros para o crédito imobiliário, que passam de 6,99% para 6,59% ao ano, na taxa mínima. Para a linha com garantia de imóvel, o home equity, a taxa passada de 0,78% para 0,75% ao mês. Na linha estruturada, também com garantias, o juro mínimo passa de 0,80% para 0,77% ao mês.

Entenda como a redução da Selic afeta seu dia a dia

No caso das empresas, os descontos de títulos passam de 0,76% para 0,66% ao mês no BB. No desconto de cheques, de 1,07% para 1,05%, e na antecipação de crédito a lojistas, de 0,74% para 0,72% ao mês, sempre nas taxas mínimas. No crédito rotativo, o custo passa de 1,93% para 1,91% ao mês.

Por fim, no agronegócio, a linha de custeio passa a ter juros mínimos de 7% ao ano, ante a taxa anterior de 7,25%. Para comercialização, os juros passam a ser de 6,90% ao ano.

O Itaú Unibanco não divulgou suas novas taxas, informando só que repassou o corte de 0,25 ponto na Selic para o empréstimo pessoal, no caso das pessoas físicas, e para o capital de giro, no caso de empresas.

Já o Bradesco, afirmou apenas que reduzirá a taxa de juros de suas principais linhas de crédito, a partir de segunda-feira, 10/08, acompanhando a decisão do Copom.

Últimas