Brasil ainda tem 2,4 milhões de lares sem água encanada, aponta IBGE

Número de domicílios brasileiros que possuíam água canalizada em pelo menos um cômodo saltou 16,4% entre 2013 e 2019, para 70,8 milhões

Água encanada chega a 70,8 milhões de lares no Brasil

Água encanada chega a 70,8 milhões de lares no Brasil

Pixabay

O serviço de abastecimento de água encanada ainda não havia chegado a 2,4 milhões (3,3%) de lares brasileiros em 2019, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (4) pela PNS (Pesquisa Nacional de Saúde), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

De 2013 a 2019, o número de domicílios brasileiros que possuíam água canalizada em pelo menos um cômodo saltou 16,4%, de 60,8 milhões para 70,8 milhões.

Leia mais: Quase 50% das escolas não tem todos itens de saneamento básico

Entre as regiões brasileiras, a PNS mostra que Sul, Sudeste e Centro-Oeste têm mais de 99% dos lares com água encanada. Já nas regiões Norte e Nordeste, o serviço chega a, respectivamente, 91,2% e 91,1% das residências.

Na comparação com 2013, o aumento no percentual de domicílios com água encanada só não foi verificado na região Sul do Brasil, que mostrou estabilidade no período.

A pesquisa também identificou que 66% dos lares (48,4 milhões) possuíam banheiro de uso exclusivo com coleta de esgoto. Outros 91,4% dos domicílios (67 milhões) tiveram lixo coletado por serviço de limpeza, diretamente ou em caçamba.