Economia Comissão deve votar Orçamento de 2022 nesta quinta-feira

Comissão deve votar Orçamento de 2022 nesta quinta-feira

Apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentárias é decisiva para que o Legislativo entre em recesso

  • Economia | Do R7, com Reuters

Assim que aprovada, a LDO seguirá para o plenário

Assim que aprovada, a LDO seguirá para o plenário

Ueslei Marcelino/Reuters - 19-03/2021

A CMO (Comissão Mista de Orçamento) deve votar a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2022 na manhã desta quinta-feira (15), liberando a proposta para análise do plenário do Congresso Nacional.

A perspectiva entre os parlamentares é de votar a LDO no plenário ainda nesta semana, permitindo assim que o Legislativo possa entrar em recesso.

A previsão era que o relatório final pudesse ser votado nesta quarta, mas a análise foi transferida. A comissão já aprovou na segunda-feira o parecer preliminar da LDO, que estabelece metas e prioridades para a elaboração do Orçamento do próximo ano.

De autoria do deputado Juscelino Filho (DEM-MA), o relatório considera, entre os parâmetros econômicos, um déficit de R$ 170,47 bilhões para os Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Governo Central).

Conforme o relatório preliminar aprovado, o salário mínimo deve subir para R$ 1.147 em 2022. O valor, corresponde a um reajuste sem ganho real, já que a variação de 4,3% (+R$ 47) é a mesma prevista para o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) para este ano.

A proposta também aposta em um crescimento de 2,5% do PIB (Produto Interno Bruto), inflação de 3,5% e dólar cotado a R$ 5,10 para o ano que vem. As perspectivas são todas mais otimistas do que as apresentadas pelo mercado financeiro.

Últimas