Economia Confiança do consumidor sobe em dezembro e fecha ano com saldo positivo

Confiança do consumidor sobe em dezembro e fecha ano com saldo positivo

Índice estava em queda por dois meses seguidos, mas encerra o último mês do ano em 88 pontos

Reuters - Economia
Com o resultado, foram zeradas as perdas dos últimos dois anos

Com o resultado, foram zeradas as perdas dos últimos dois anos

Edu Garcia/R7 - 22.11.2022

A confiança dos consumidores brasileiros subiu em dezembro, após dois meses de queda, e refletiu um aumento do otimismo em relação aos próximos meses, mostraram dados da Fundação Getulio Vargas divulgados nesta segunda-feira (26).

O ICC (Índice de Confiança do Consumidor) da FGV subiu 2,7 pontos, para 88 pontos, e fechou 2022 com saldo positivo, o que zerou perdas acumuladas nos últimos dois anos.

O ISA (Índice de Situação Atual) se manteve estável ao variar 0,1 ponto, para 70,9 pontos, enquanto o IE (Índice de Expectativas) avançou 4,3 pontos, para 100,3 pontos, e alcançou o melhor resultado desde dezembro de 2019.

O quesito que mais contribuiu para a alta do ICC no mês foi a situação financeira das famílias nos próximos seis meses, que avançou 12,5 pontos, para 105 pontos, maior patamar desde fevereiro de 2019 (105 pontos).

"O ano fecha com um saldo positivo e zera as perdas acumuladas nos últimos dois anos, mas é necessário um grande caminho para que a confiança volte a superar o nível neutro e estimular o consumo”, afirmou Viviane Seda Bittencourt, coordenadora das sondagens, em nota.

Em dezembro de 2021, o ICC ficou em 75,5 pontos.

Últimas