Economia Dólar abre em queda após vitória de Biden e esperanças sobre vacina

Dólar abre em queda após vitória de Biden e esperanças sobre vacina

Moeda norte-americana fechou sessão de sexta-feira (6) em queda de 2,80%, a R$ 5,39 na venda, menor patamar para fechamento desde 18 de setembro

Reuters
Moeda abriu em forte queda

Moeda abriu em forte queda

Gary Cameron/Reuters

O dólar abriu em forte queda conta o real nesta segunda-feira (9), chegando a ser vendido perto de R$ 5,27 no primeiro dia de negociações desde que o democrata Joe Biden venceu as eleições presidenciais norte-americanas. A notícia de que a Pfizer disse que sua vacina experimental tem mais de 90% de eficácia na prevenção da covid-19 também ajudava a desencadear uma onda global de apetite por risco.

Leia mais: Reclamação sobre cobrança na conta de luz cresce 40%

Às 9h15, o dólar recuava 2,54%, a R$ 5,2530 na venda. O principal contrato de dólar futuro caía 2,05%, a R$ 5,260.

Na última sessão, na sexta-feira (6), o dólar fechou em queda de 2,80%, a R$ 5,39 na venda, seu menor patamar para fechamento desde 18 de setembro.

O Banco Central anunciou para esta segunda-feira leilão de swap tradicional para rolagem de até 12 mil contratos com vencimento em abril e agosto de 2021.

Últimas