Economia Dólar fecha no maior patamar desde fevereiro; Ibovespa tem alta discreta

Dólar fecha no maior patamar desde fevereiro; Ibovespa tem alta discreta

Moeda americana encerrou esta segunda-feira (20) a R$ 5,18, o nono aumento seguido

Reuters - Economia
Instabilidade na Petrobras pesou no resultado desta segunda (20)

Instabilidade na Petrobras pesou no resultado desta segunda (20)

REUTERS/Dado Ruvic

O dólar fechou em alta contra o real nesta segunda-feira (20), marcando o nono ganho diário em dez sessões, com temores domésticos sobre o futuro da Petrobras somando-se a um ambiente internacional desafiador, em meio a receios do impacto que políticas monetárias mais restritivas nos países desenvolvidos poderia ter na economia global.

A moeda americana à vista avançou 0,81%, a R$ 5,18, o maior patamar para encerramento desde 14 de fevereiro deste ano.

Bolsa de Valores

O Ibovespa fechou quase estável nesta segunda-feira (20), com a Petrobras novamente ocupando o foco de atenções após troca do comando da estatal, enquanto a forte alta de bancos teve como contrapeso o declínio da Vale.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,2%, a 100.021 pontos, de acordo com dados preliminares.

O volume financeiro somava R$ 19,76 bilhões, abaixo da média diária do mês (R$ 31,7 bilhões), com o mercado acionário americano fechado em razão de feriado.

Últimas