Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Fitch espera desaceleração da economia dos EUA, mas melhora previsões para Europa

A Fitch Ratings manteve a previsão de desaceleração da economia dos Estados Unidos, diante do aperto da política fiscal e o arrefecimento...

Economia|Do R7


A Fitch Ratings manteve a previsão de desaceleração da economia dos Estados Unidos, diante do aperto da política fiscal e o arrefecimento das exportações. Segundo relatório trimestral divulgado nesta segunda-feira, 17, a agência projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano crescerá 2,1% em 2024, 1,5% em 2025 e 1,6% em 2026.

A instituição espera que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) promova dois cortes de 25 pontos-base cada nos juros este ano, o que levaria a taxa básica à faixa entre 4,75% e 5,00% até dezembro. Para o fim 2025, a expectativa da Fitch é de que a referência esteja no intervalo entre 3,50% e 3,75%.

Previsões melhores na Europa

Do outro lado do Atlântico, a agência aumentou a estimativa para o avanço do PIB da zona do euro em 2024, de 0,6% para 0,8%, após dados mais fortes que o esperado no primeiro trimestre. A Fitch prevê que o desempenho deve melhorar nos anos seguintes, com alta de 1,5% em 2025 e de 1,4% em 2026.

A Fitch também elevou a previsão para o crescimento do Reino Unido este ano, de 0,2% para 0,7%, após o país ter saído da recessão. A expansão, então, deve acelerar para 1,7% em 2025, antes de arrefecer para 1,5% em 2026, de acordo com a análise.

No relatório, a Fitch explica ainda que a política monetária global entrou em uma nova fase, na qual a tendência dos juros nas economias desenvolvidas é de queda. No entanto, o relaxamento monetário será lento e as taxas continuarão em níveis restritivos, diz a agência.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.