Imposto de Renda 2023

Economia Grande número de consultas da restituição tira site da Receita do ar

Grande número de consultas da restituição tira site da Receita do ar

O sistema apresentou instabilidade no fim da manhã do primeiro dia em que os contribuintes poderiam verificar se estão no 1º lote

  • Economia | Agência Brasil

Site de consulta da restituição do IR 2023 ficou instável

Site de consulta da restituição do IR 2023 ficou instável

Reprodução da Internet / Receita Federal - Agência Brasil

O site da Receita Federal apresentou instabilidade na manhã desta quarta-feira (24), por conta do grande volume de acesso dos contribuintes. A consulta do primeiro lote da restituição do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) de 2023 foi aberta nesta quarta, e os pagamentos têm início em 31 de maio. As queixas de quem não conseguiu acessar a página logo apareceram nas redes sociais.

Em resposta, a Receita Federal divulgou a seguinte nota:

"A Receita Federal informa que está monitorando o sistema de consulta de restituição das declarações do IRPF 2023. Devido ao elevado número de consultas, fora do padrão, estamos providenciando o aumento da infraestrutura".

Compartilhe esta notícia no WhatsApp 
Compartilhe esta notícia no Telegram

O primeiro lote contempla 4,1 milhões de contribuintes que estão na fila de um dos grupos prioritários, como idosos com idade a partir de 80 anos, pessoas com deficiência, professores e pessoas que usaram a declaração pré-preenchida ou que optaram por receber a restituição via Pix

Para consultar a disponibilidade da restituição daqui a sete dias, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet, clicar no item Meu Imposto de Renda e, em seguida, em Consultar a Restituição. O acesso direto à página de consultas é por este link.

O primeiro lote deste ano é considerado pelo órgão o maior da história: serão distribuídos cerca de R$ 7,5 bilhões aos contribuintes. A entrega da declaração do imposto termina em 31 de maio, às 23h59.

Últimas