Economia Petrobras reduz preço de venda de gasolina para as distribuidoras

Petrobras reduz preço de venda de gasolina para as distribuidoras

Redução de R$ 0,20 no valor cobrado pelo combustível passa a valer a partir desta quarta-feira (20) e leva em conta preços no mercado internacional

  • Economia | Do R7

Gasolina vendida às distribuidoras vai cair de R$ 4,06 para R$ 3,86

Gasolina vendida às distribuidoras vai cair de R$ 4,06 para R$ 3,86

Edu Garcia/R7 - 20.04.2022

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (19) a redução do preço médio de venda de gasolina  às distribuidoras. A medida, que passa a valer a partir desta quarta-feira (20), reduzirá o valor cobrado pelo litro do combustível em 4,9%, de R$ 4,06 para R$ 3,86.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,96, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba.

De acordo com a empresa, a redução acompanha a evolução dos preços internacionais de referência, que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina, e é coerente com a prática de preços da Petrobras.

A companhia afirma que "busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio".

Na última semana, o valor médio cobrado pelo litro da gasolina nos postos do país era de R$ 6,07, de acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), o que corresponde a uma queda de R$ 1,32 (-17,9%) no intervalo de um mês.

As variações nos postos ocorrem com a redução de tributos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos estados. Antes da lei aprovada pelo Congresso, cada ente federativo tinha autonomia para determinar a taxa sobre o combustível.

Strada, HB20 e Onix são os veículos mais vendidos do 1º semestre

Últimas