Prévia do PIB tem quarta alta consecutiva em agosto, diz BC

Apesar de resultado positivo no mês, atividade econômica brasileira ainda acumula queda de 5,44% no ano

Indicador acumula queda de 3,09% em 12 meses

Indicador acumula queda de 3,09% em 12 meses

Pixabay

A atividade econômica brasileira registrou a quarta alta mensal consecutiva em agosto, segundo o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica), divulgado nesta quinta-feira (15) pelo BC (Banco Central). 

Coronavírus impõe riscos ao PIB brasileiro em 2021, avalia Fitch

A prévia do PIB (Produto Interno Bruto) ficou em 1,06% no mês comparado a julho. Apesar do resultado positivo em agosto, o IBC-Br ainda acumula queda de 5,44% em 2020, provocada, em grande parte, pela crise gerada pela pandemia de coronavírus. 

Nos últimos 12 meses, a atividade econômica registrou queda de 3,09%. O resultado também é de queda em comparação a agosto de 2019 (-3,92%).