Economia Venda de veículos novos cresce 13% em janeiro, na comparação anual

Venda de veículos novos cresce 13% em janeiro, na comparação anual

Em 30 dias, foram licenciadas 142,8 mil unidades; procura por motos subiu 23,2% de um ano para o outro, com 110,5 mil vendas 

  • Economia | Do R7, com agências

Número de licenciamentos de veículos em janeiro subiu 13% em relação a 2022

Número de licenciamentos de veículos em janeiro subiu 13% em relação a 2022

Arquivo da Agência de Notícias do governo do Acre

Os licenciamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos somaram 142,8 mil unidades em janeiro, alta de 13% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em relação a dezembro, entretanto, houve um recuo de 34,1% segundo dados divulgados nesta quinta-feira (2) pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), entidade que representa as concessionárias de veículos.

Todos os segmentos mostraram expressivas quedas na comparação com dezembro, um mês que costuma registrar fortes emplacamentos, mas que, em 2022, foi impactado por férias coletivas de algumas montadoras e pela Copa do Mundo, que reduziu o fluxo de clientes em lojas e dias de licenciamento.

Em janeiro, as vendas de carros, picapes, utilitários esportivos e vans comerciais tombaram 35,5% ante dezembro. Na mesma comparação, os emplacamentos de caminhões recuaram 15,3%, e os de ônibus mostraram baixa de 19,7%.

"Temos que lembrar que, em janeiro de 2022, o setor registrou o pior resultado para o mês desde 2017, já que os estoques das concessionárias estavam baixos, por conta da crise de abastecimento global. Além disso, foi um período em que a variante Ômicron da Covid-19 causava grande preocupação na população", afirmou José Maurício Andreta Júnior, presidente da Fenabrave. Ele diz que, por isso, as comparações com janeiro de 2022 ficam prejudicadas.

Em relação aos números de dezembro, o executivo comentou que o resultado de janeiro "não fica muito distante da média registrada no mesmo período nos cinco anos anteriores".

Vendas de motos cresceram

As vendas de motos somaram 110,5 mil unidades no mês passado, mostrando uma alta de 23,2% frente a janeiro de 2022. Na comparação com dezembro, quando as vendas são tradicionalmente mais altas, o setor teve queda de 16,4%.

A Honda, líder do segmento de duas rodas, foi a marca de 69,6% do total de motos vendidas em janeiro. No segundo lugar ficou a Yamaha, com 19,5%.

Últimas