Economia Volkswagen terá 60% de joint venture com chinesa Horizon Robotics

Volkswagen terá 60% de joint venture com chinesa Horizon Robotics

Empresas trabalharão juntas para desenvolver tecnologia que possa integrar várias funções para direção autônoma

Reuters
Funcionários trabalham na linha de montagem da fábrica de veículos elétricos da SAIC Volkswagen MEB em Xangai

Funcionários trabalham na linha de montagem da fábrica de veículos elétricos da SAIC Volkswagen MEB em Xangai

Aly Song/Reuters-08/11/2019

A Volkswagen investirá 2,4 bilhões de euros (R$ 12,3 bilhões) e terá uma participação de 60% em uma nova joint venture com a empresa chinesa de tecnologia Horizon Robotics para a criação de software e hardware de direção autônoma, disse a montadora nesta quinta-feira (13). 

As empresas trabalharão juntas para desenvolver tecnologia que possa integrar várias funções para direção autônoma em um único processador, disse o comunicado.

Uma joint venture é quando empresas fazem uma associação de sociedades, sem caráter definitivo, para a realização de determinado empreendimento comercial.

A Horizon Robotics, fundada em 2015, atende a clientes como a Audi, da Volkswagen, a Continental, a Li Auto e a SAIC, de acordo com seu site.

A Volkswagen já realiza atividade de pesquisa e desenvolvimento na China, mas esta é sua primeira joint venture focada especificamente em tecnologia, área em que atualmente está atrasada em relação aos concorrentes chineses no mercado de veículos elétricos.

A montadora, que tem cerca de 40% das vendas e metade dos lucros na China, detém 75% de participação em uma joint venture com a JAC, uma fatia de 50% em negócio com a SAIC e 40% de um empreendimento com a FAW.

Últimas